Tem coisa melhor do que a descoberta? Ser surpreendido por algo novo e inusitado? É esta a reação de qualquer criança quando visita o Zoológico, e os pais, por tabela, também se divertem!

O Jardim Zoológico de BH existe desde 1959, e conta também com o Jardim Botânico, o Jardim Japonês, o Borboletário e o Aquário da Bacia do Rio São Francisco. Localizado às margens da Lagoa da Pampulha, atualmente possui cerca de mil animais de 220 espécies. O personagem principal do Zoo era o gorila Idi Amim, que morreu em março de 2012. Mas muitos outros animais também atraem a atenção da garotada, como você pode conferir aqui.
Levar as crianças para o Zoo é uma oportunidade de conhecerem a fauna e flora brasileira e de outros países. Explique as informações das placas orientativas, converse com as crianças sobre os hábitos de cada bicho, fale sobre suas características físicas e comportamentais. Faça da visita um aprendizado :)

<3

Uai, sô cadê Sarinha!
Temos recebido alguns comentários dos leitores quanto a situação do Zoo, muitas vezes relatando a sensação de descuido e desamparo aos animais. Particularmente, temos a mesma sensação de quando o visitávamos o local na nossa infância. Sentimos falta de uma programação cultural e educativa para movimentá-lo mais. O trabalho da Fundação Zoo Botânica se faz presente no espaço, algumas áreas estão em reforma e sendo melhoradas, então, vale acompanharmos de perto. Inclusive, o Zoo será um dos espaços turísticos da cidade que será reformado para permitir maior acessibilidade aos portadores de deficiência _ o que já era sem tempo, né? (veja a notícia aqui

Hora da frutinha também no Jardim Botânico

                     O pescoço da Girafa ….

O que não pode faltar no passeio?

:: Protetor solar e chapéu. Repelente também é bom para evitar possíveis picadas…
:: Roupas leves e muita água.
:: Chegar cedo para aproveitar o máximo possível.
:: A área verde é enorme e é possível fazer piquenique por lá.
Durante a visita, fique atento a:
:: Barulho: incomoda os animais e outros visitantes, passeie tranquilamente por lá.
:: Alimentação dos animais: não é permitida. Você encontrará micos por toda parte, não os alimente!
:: Vegetação: a coleta de plantas, frutos e sementes não é permitida.
:: Lixo: é na lixeira, há coleta seletiva, preste atenção para separar os materiais recicláveis.
:: Veículos: a entrada é permitida. Respeite a área de estacionamento e as normas de trânsito. Lembre-se, é um lugar com muitas crianças!
:: Informações: procure sempre por um Agente de Visitação em caso de dúvida.
Fonte: Fundação Zoo-Botânica



Como entreter as crianças? 
Há muito para olhar, ouvir, sentir e aprender! Instigue a curiosidade sobre:
– Comportamento
– Revestimento externo do corpo e aparência
– Formato da boca e dos dentes
– Formato dos pés ou patas
– Cores
– Dimensões do animal
– Relações entre o nome científico ou popular e alguma característica do animal
– Sons
– Cheiros
Durante a visita, as crianças também podem questionar o motivo dos animais ficarem presos, nesta hora, seja honesto e explique o objetivo do Zoológico, como é o cuidado com os animais, suas origens. Aproveite para ensiná-las sobre a importância de respeitar e preservar os animais!

Não deixe de visitar: o Borboletário, o Jardim Botânico, o Jardim Japonês e o Aquário da Bacia do Rio São Francisco


Quer conhecer?


Exibir mapa ampliado

#repost
Post original: 27/03/12 
Post atualizado em Novembro/13