Ele termina o dever e eu pergunto:

– Filho, agora você recorta ou eu recorto?
– Eu recorto e você cola, tá?
– Uai, pra mim, tanto faz. E pra você?_ eu respondo
– Eu prefiro recortar porque recortar faz bem pra saúde_ ele responde
– Como assim. Quem falou isso?
– O papai. Ele disse que recortar é bom para a controlação motora.
– Ah, tá.

(Davi, 6 anos, filho da Ludymilla Sá, nossa mãe de meninos)