Ciça e Laurinha na Floralis

Aproveitamos as férias para curtir Buenos Aires com a Ciça, os avós, padrinhos e a Laurinha, priminha da Ciça, que vocês já viram dando suas voltinhas por aqui. Como não foi nossa primeira vez na cidade, passeamos pelas regiões que mais gostamos, revisitamos lugares e nos despedimos com aquele sentimento de quero mais.

O que fazer em Buenos Aires com crianças? Muita coisa! Mesmo no inverno…
A gente encontra por lá: parques, praças, restaurantes e lanchonetes com cardápio infantil e uma cidade preparada para andarmos de carrinho para todo lado (o que é difícil por aqui, né?).

Procurando dicas práticas? Então vamos (pra) lá!

Onde ficar


O melhor bairro sem dúvida é Palermo (Soho), lá você encontra os Bosques, o Jardim Japonês, o Zoo (sabia que é o segundo mais visitado do mundo?). Nos hospedamos no Mine Boutique Hotel, que ofereceu todo o suporte para duas crianças de 1 ano. Ótima localização e um excelente atendimento, recomendo para todos! As meninas até ganharam um kit infantil (shampoo, sabonete artesanal, bucha, balão, etc…)










Plaza Urquiza – Recoleta



Passeios

Bosques de Palermo, Jardim Japonês, Zoo, El Rosedal, Reserva Ecológica, Museu de los niños, Fragata Sarmiento, BUS Turístico (como em Londres), Tigre, e até Casa da Barbie, são muitas opções que você pode conferir no fantástico blog Buenos Aires para ninos. As meninas adoraram os Bosques e parques, afinal, o esporte preferido da Ciça é correr e a Laurinha está fortalecendo o seu caminhar independente, então já viu, né?
Ao planejar sua viagem, procure também por dicas do período na Revista Planetario, um guia completo da cidade com foco nas crianças!

Plaza Naciones Unidas



Parque 3 de Febrero


 

Jardim Japonês e Plaza Alvear

Alimentação

Ciça experimentando Pomelo (Grapefruit) com a vovó

Antes da viagem, procurei pesquisar sobre as papinhas e encontrei duas marcas indicadas, a americana Gerber e a local Nutribaby (que é orgânica). As meninas só aceitaram bem a da Gerber de frango (Pollo), as de carnes tinham um tempero mais forte.

Não fiz o pedido de cardápio infantil em nenhum dos restaurantes que frequentamos, mas há várias opções. No café da manhã, oferecia suco, iogurte, frutas (muitas encontramos por aqui), mantive os lanches nos intervalos e a papinhas nas refeições. Os lanchinhos são fundamentais, pois visitar a cidade é um tipo de passeio para se fazer a pé, então, haja energia!

Em Buenos Aires, há vários restaurantes que oferecem entretenimento para as crianças, mas não só os tradicionais parquinhos, mas giz de cera, lápis de cor, ideia bacana né? O Las Lilas, em Puerto Madero, além do giz de cera, ainda as presenteou com balões, que foram super festejados!

Papinhas salgada (frango) e de frutas     

                      

Se as suas crianças já estão maiores (ou leve os pequenos para te acompanhar), não deixe de levá-las para tomar sorvete, faça frio ou faça calor. Os melhores estão na Volta, Freedo e Persicco (espalhados por toda a cidade). Faça um lanche na Nucha em Palermo e experimente os alfajores deliciosos
da Abuela Goye (Puerto Madero ou Galerias Pacífico) e Havana (por toda a cidade!). Prove também os maravilhosos cupcakes do Muma’s.

Antes da viagem, vale a pesquisa também no Guia Oleo (guia de restaurantes locais) ou no Destemperadinhos.


             Laurinha dando umas voltinhas pela Nucha e Ciça se divertindo no Las Lilas



Compras

Sim, as compras, quando bem feitas, valem a pena! Sou fã de algumas marcas porteñas, como a Mimo&CO, Cheeky, Babycottons, Grisino e na Zara você encontra as mesmas peças do Brasil.
Todas as lojas possuem outlet em Villa Crespo e dependendo da época você pega as Rebajas (liquidações). Nesta última viagem conheci a marca Gepetto (Palermo Soho), que possui coleção exclusiva da Mafalda (amo!)!

Procura um souvenir inesquecível e fofo? Visite a Sopa de Principe (Palermo), você irá se encantar pelos bonecos!

                      Detalhes da loja Sopa de Príncipe e Ciça escolhendo seu mais novo amiguinho

Importante:
– o Inverno de Buenos Aires é realmente inverno, e não como estamos acostumados em BH, então, prepare a bagagem das crianças! Pense sempre em vesti-los em camadas, como uma cebola! Nesta viagem, mesmo em baixas temperaturas a sensação térmica era agradável, pois não ventava…E em todos os lugares há aquecedores!
– crianças pequenas podem circular tranquilamente em carrinho, e o mesmo não é considerado bagagem extra! Neste post você fica sabendo um pouco mais sobre como se preparar para o vôo!
– O período de férias escolares na Argentina é igual ao Brasil, então, os lugares voltados para crianças são sempre frequentados pelos porteños, ótima oportunidade para as crianças se entrosarem.

Quer mais dicas?

Recomendo:
Viajem na Viagem
Buenos Aires, querido
Buenos Aires para Chicas