No último post falei sobre obesidade infantil, e uma preocupação de vários leitores, papais e mamães, foi sobre a alimentação na escola, afinal, podemos orientar e cuidar da alimentação dentro de casa, mas como controlar as guloseimas na hora do recreio?

Cantina saudável

É importante saber que há a Lei 18.379/09 trata da cantina saudável em Minas Gerais. A legislação proíbe o fornecimento e a comercialização de alimentos que tenham alto teor de gordura, açúcar e sal, ou baixo valor nutricional em cantinas de instituições de ensino das redes públicas e privadas. As bebidas e os lanches fornecidos e comercializados nas escolas devem ser preparados de acordo com padrões de qualidade nutricional que promovam a saúde dos alunos e a prevenção da obesidade infantil. Quem desrespeitar a norma estará sujeito a multas e outras penalidades prevista na legislação sanitária.






Variedade, Moderação e Equilíbrio

Muitos pais encontram dificuldades na escolha de lanches saudáveis para seus filhos. Em sua
maioria, devido à correria do dia-a-dia, acabam por optar por produtos pouco saudáveis, como
salgadinhos, biscoitos doces, achocolatados e sucos em caixinha, entre outros, que oferecem maior
praticidade.

É importante lembrá-los que a idade escolar é fundamental no desenvolvimento e consolidação dos hábitos alimentares, e portanto é válido dar uma maior atenção ao que seus filhos estão comendo, especialmente fora de casa.

SheKnows

Aprenda a regra

Um lanche saudável é composto de carboidrato  + fruta + bebida. Por quê?

– 1 líquido: para repor as perdas hídricas ocorridas durante as atividades físicas. Devem ser acondicionados em garrafas térmicas de lancheiras, podem ser sucos naturais, chás, água de coco
engarrafadas ou em embalagem tetra pack (atenção para a quantidade de açúcar presente no rótulo). Evite os refrigerantes!

– 1 fruta: por serem ricas em vitaminas, sais minerais e fibras. As mais práticas são as que podem ser
consumidas com casca ou cuja casca pode ser retirada com facilidade (maçã, banana, pera, mexerica,
uva).

– 1 tipo de carboidrato: sua principal função é fornecer energia. Ofereça sanduíches (com pão integral, ou de forma, ou sírio), broa, biscoitos cream cracker, barras de cereal, bolos. Cuidado com a quantidade, pois são apenas parte do lanche.

– 1 tipo de proteína: responsáveis pela construção e manutenção dos tecidos do corpo, além de
estarem ligadas ao bom funcionamento do sistema imunológico. Ofereça proteínas lácteas (queijos,
requeijões), iogurtes, frios e defumados. É muito importante que os frios sejam mantidos em temperatura ambiente e que não permaneçam muito tempo na lancheira, evitando a proliferação de microorganismos.