Ótima ideia! Rotina ilustrada dos filhos da leitora Thais de Melo

Toda criança precisa de limite desde muito cedo, desta forma ela será mais segura, independente e amorosa. O limite nada mais é do que demonstração de amor, zelo, segurança e carinho. Para auxiliar os pais na ordem da casa, há duas ferramentas importantíssimas: a rotina e os combinados.

Todo dia ela faz tudo sempre igual…Toda família deve ter uma rotina. Quando a criança sabe o que vai acontecer no seu dia é muito mais fácil de fazê-la entender o porquê das coisas e atitudes: hora do banho, almoço, para casa, etc…Vale lembrar que a rotina deve ser feita junto com todos os membros da família e respeitando o desejo da maioria. A rotina tem que ser real, ou não irá funcionar e sempre terá que ser renegociada, anulando assim o seu objetivo.

Combinado não sai caro…

Outra maneira bacana de se colocar limites é fazendo combinados, o que é muito diferente da chantagem ou da troca. Combinados nada mais são do que regras que devem ser seguidas por
todos da casa, devem ser elaborados por toda a família e serem sempre muito claros para não deixar margem para não cumprimento. No momento de seu estabelecimento, é muito importante justificar o motivo e explicar a importância do combinado. Uma vez criado, entendido e implantado, com o tempo eles será seguido naturalmente sem a necessidade de mais explicações.O combinado serve tanto para o bom andamento das atividades diárias da casa quanto para passeios, festas e viagens. Ele pode
ser desde uma regrinha básica como lavar a mão depois de ir ao banheiro, ou uma regra mais elaborada, como uma poupança familiar para a viagem dos sonhos.

Tudo deve ser cumprido

A partir do momento que a rotina e os combinados forem implantados todos serão responsáveis por cumprí-los e fazerem com que eles funcionem. Óbvio que uma vez ou outra ocorrerá quebra na rotina ou no combinado. Quando os pais já souberem com antecedência que alguma coisa terá que acontecer de maneira diferente do combinado eles devem explicar aos filhos o porquê da mudança e que isso ocorrerá só naquele dia. Se acontecer com frequência, será necessário reavaliar a prática, pois cada vez que há um descumprimento por parte dos pais ou dos filhos, o objetivo destas ferramentas se enfraquece.

Um quadro de aviso na área de convivência de toda a família é um bom começo para conhecimento da novidade. Mas o importante é que os horários e regras estejam intrínsecos a dinâmica familiar, tornando-se hábitos.

Até o próximo passeio!