Se tem um parque em que eu, Miriam, visitei muitas vezes quando criança, este parque é o Julien Rien. Um espaço diferente, que liga duas Avenidas: Bandeirantes e Francisco Deslandes, no Anchieta. Com a topografia inclinada, uma extensa escadaria conecta as duas vias, em meio à mata com espécies diversas e vários tipos de animais, como micos-estrela, esquilos e aves. São muitas escadas e pode parecer desanimador, mas vale a pena apreciar a natureza e conhecer cada pedacinho do Parque!
Recentemente, voltei lá com meus pequenos. Sara já conhecia, mas foi a primeira vez que o Raul se aventurou pelo Julien Rien. Tão emocionante reviver momentos da nossa infância com os filhotes :) Sarinha pulou corda sem parar e o Raul se aventurou pelos degraus, querendo subir sozinho, todo independente <3
É possível iniciar o passeio pela parte mais baixa do Parque, na Av. Francisco Deslandes, ou por cima, na Av. Bandeirantes. A cada lance de escadas, você vai se deparar com uma minipracinha. Com banquinhos e canteiro central, bem agradável para curtir, legal para as crianças se divertirem e bem bacana para um bate-papo. São 12 pracinhas no total, sendo que dentre as primeiras, é possível contemplar uma pequena cascatinha. As crianças adoram, mas essa área está sempre alagada, a encontramos assim em todas as visitas realizadas. Vale uma manutenção para o espaço ficar ainda melhor.
Na parte de baixo, ainda é possível observar uma pista de skate (bowl). Na prática, é um buraco enorme que, quando criança, eu descia escorregando com as primas. Mas como não tínhamos skate, a diversão era com papelão mesmo (!).
Na entrada superior, pela Av. Bandeirantes, há um anfiteatro, onde as crianças brincaram muito, e a Academia da Cidade.
Sentimos falta de brinquedos. Com tantas pracinhas, uma delas poderia abrigar escorregadores, balanços e trepa-trepa. Seria um incentivo a mais para os pais levarem a criançada. Mas não é motivo para deixar de curtir cada cantinho, apreciar a natureza, passear, se exercitar e continuar ampliando as histórias de infância :)
Entrada pela Av. Francisco Deslandes – a primeira de 12 pracinhas
A pista de skate, recentemente reformada, fica próxima à entrada da Av. Francisco Deslandes
Sara, aventureira, quis logo explorar o parque – detalhe para o irmão, tentando seguir atrás

E ele não desiste :)

São 12 pracinhas pelo parque parecidas com esta

 
Tem bastante espaço para a criançada se divertir a valer – Sara curte o Julien Rien deste pequenininha

E banquinhos ao longo de todo o Parque para descansar da caminhada

Área de preservação de nascentes, o Parque conta com uma cascatinha que encanta os pequenos
E veja quem passeia por lá! {Foto: Fabiano Aguiar}

Quem disse que só dá pra fazer piquenique sobre a grama? Olha que ideia legal {Foto: Fabiano Aguiar}

No meio do passeio, música no parque – e os sentidos se aguçam…
A natureza circunda todo os espaço – e é disso que a gente precisa nessa Beagá :)

Passeio legal, né, irmão?

No último nível do Parque, encontramos um anfiteatro
A entrada pelo nível superior, na Av. Bandeirantes (que em nosso caso foi a saída)

Academia da cidade que fica em frente ao Parque, na Av. Bandeirantes

E também outros aparelhos de ginástica
Hora de voltar (olha quanto verde!) – agora é sua vez de programar o passeio ;)



O que tem de bom por lá:
:: muito verde
:: espaço amplo para brincar

O que precisa melhorar:
:: faltam brinquedos
:: falta acessibilidade
:: a pracinha da cascatinha está sempre alagada


Quer conhecer?



#repost1ª publicação: março de 2013