Às vezes podem surgir algumas manchas escuras no dente de leite. É preciso identificar a razão do aparecimento das mesmas, mas a maioria delas é removível com uma boa escovação. E a retirada da mancha pode ser feita ou não, dependendo do caso. Se a razão é apenas estética e não está afetando a saúde do dente, fica a critério dos pais a sua eventual remoção.

A mancha do dente de leite por sulfato ferroso pode ocorrer como resultado da ingestão deste suplemento, em geral receitado para as crianças entre 6 e 18 meses como prevenção da anemia. A família pode tentar a remoção da mancha friccionando gaze com pasta de dente sobre o local. Pode ser usado um pouquinho da pasta de adulto, que tem maior poder abrasivo, com cuidado para a criança não engolir. E o dente fica branquinho de novo. Uma boa escovação após cada ingestão do sulfato ferroso vai evitar que o fato se repita.

Algumas pessoas têm como parte da microbiota da boca bactérias cromogênicas, que também mancham os dentes. Crianças que possuem essas bactérias apresentam menor chance de vir a ter cárie. Podem ser removidas também friccionando gaze com pasta de dente sobre o local. A remoção das mesmas do dente não a removem da saliva e do ambiente bucal, ou seja, elas continuam fazendo o bem desejado.

Alguns alimentos que contêm corantes como sucos artificiais, refrigerantes, molho de soja entre outros, podem dar ao dente um aspecto escuro. Estes alimentos coram a placa bacteriana. São manchas removíveis também com uma boa escovação.

Em todos os casos descritos, vale a pena procurar o odontopediatra para uma abordagem específica, com um exame clínico adequado. Uma mancha escura também pode ser um início de cárie, como abordaremos no próximo post.