A gente também passeia Na pracinha – de Montevideo! – nas férias

Nestas férias, fomos em família para Montevideo. Inspirados por relatos de pais viajantes como a Flávia, apostamos numa viagem com um bebê para um destino urbano, internacional, e durante o inverno. E foi muito bom!

A escolha do roteiro se baseou na descrição que vários conhecidos nos deram da cidade: um lugar calmo, agradável, de belas paisagens, com muitos parques e praças e pessoas extremamente corteses. Não é isto que precisamos quando estamos com um bebê a tiracolo? Por ser uma cidade menor e menos badalada (apesar de termos visto bastante brasileiros passeando por lá), é possível montar um passeio com tempo pra curtir cada lugar sem correria, com pausa para tomar um café ou degustar um prato local, e trocar fraldas, dar papinhas e tudo mais. Como foi nossa primeira vez por lá, passeamos pelos principais pontos turísticos e à medida que percebíamos as reações da Bia íamos adequando nosso roteiro para que ela ficasse sempre tranquila.

O carrinho – nosso melhor amigo!

O Uruguai é um país de geografia plana. Assim, foi fácil se locomover por lá. Levamos um carrinho e assim passeamos bastante a pé curtindo até mesmo o roteiro turístico mais tradicional. O carrinho, aliás, foi excelente aliado na viagem. Além de ajudar com as muitas bolsas que carregávamos, sua capa de chuva funcionava como quebra-vento e ajudava a manter a bebê bem quentinha. Ademais, era só deitar o encosto para que ela se deitasse e assim conseguimos manter as rotinas de sonecas diurnas.

Recomendamos a cidade pra todas os leitores que também gostem de curtir um passeio sereno e agradável em família.

Seguem algumas dicas práticas!

:: Onde ficar
O melhor bairro com certeza é Pocitos, a Ipanema uruguaia. Próxima aos principais shoppings centers, com restaurantes, bancos e ainda assim um bairro essencialmente residencial, com direito a feira na rua durante alguns dias da semana com frutas, flores e legumes frescos! No verão, sua “praia” é excelente para banho e segundo nos disseram, neste ponto o rio é tranquilo pra crianças. Optamos por um flat com cozinha equipada. Como a temperatura à noite ficava abaixo dos 5ºC, todas as noites fazíamos ali nosso jantar, curtíamos a família dentro do quarto e ainda aproveitávamos para preparar as frutas para o dia seguinte. Nos hospedamos no Massini Suítes. Ótima localização e um excelente atendimento, com brasileiros na recepção e opção de berço desmontável para quem solicitar antecipadamente.

Caminhada nas ramblas – os calçadões montevideanos
às margens do Rio Prata

:: Passeios
A cidade é mesmo convidativa a uma caminhada desapressada! Curtimos as ramblas – ou avenidas beira-mar e admiramos o majestoso Mar Del Plata, um rio muito, muito largo que mais parece um mar. Conhecemos também a Cidade Velha, a Catedral, o Teatro Solis, o mirante da prefeitura, o Estádio Centenário, o Zoológico, vários parques e muitas, muuuuitas praças! Mesmo sendo inverno e dia escolar, encontramos muitas crianças se divertindo por estes locais.

Ao final da viagem, como percebemos que nossa filha já estava bem adaptada, fizemos um passeio para Punta Del Est, a 140 km de Montevideo, com direito a uma breve parada em Punta Balena, para conhecer a Casapueblo de Vilaró.

Parque Rodó

El Mirador de la Intendenzia – visão 360º a partir do topo do prédio da prefeitura

Assistir ao por do sol à beira rio – indescritível

Era uma casa muito engraçada – a ‘musa inspiradora’ da canção de Vinícius de Morais: Casapueblo

Ponta Balena – um espetáculo da natureza adornado com paragliders

Momento turistas: foto em monumento em Punta Del Este

Agora sim, o mar! Apresentando o oceano pra pequena.

Há vários brinquedos e mini-pracinhas dentro do zoológico

:: Querem mais dicas?
Viaje Aqui
Descubrí Montevideo (portal oficial de turismo)
Eu Viajo Com Meus Filhos (blog)