Praça com cara de interior em um bairro boêmio da capital mineira. Ponto de encontro antes de finalizar a balada passando de madrugada em um típico restaurante da cidade para comer um delicioso espaguete ou o famoso “Rochedão”! Um roteiro clássico da mineirada em BH. Sair à noite e terminar no Bolão, em Santa Tereza.
Sessão nostalgia: Bolão – parada obrigatória após as
baladas antes dos filhotes nascerem
A Praça Duque de Caxias fica sempre repleta de crianças e recebe com frequência eventos culturais.
O espaço, que existe deste 1937, infelizmente não está bem conservado – acho que falta uma empresa para adotá-lo =) Tem tudo para ser uma linda praça florida, mas está com um aspecto um pouco triste, muitos pontos sujos e com a estrutura quebrada. Infelizmente, também não há nenhum outro brinquedo para a criançada, além de um pequeno castelinho.

Mas o legal é que trata-se de uma praça grande, com bastante espaço para as crianças correrem, andarem de bicicleta, skate. Mas, infelizmente, os jovens precisam respeitar a área das crianças para evitar acidentes, falta um pouco de consciência dos frequentadores neste sentido.
Há diversos aparelhos de ginástica espalhados por ela também, assim como banquinhos e mesas de jogos. O Batalhão de Polícia fica colado em uma das laterais, há também a presença da Guarda Municipal.
Os pais que a frequentam geralmente moram na região e seus filhos acabam fazendo amizades na própria praça.
A praça também abriga um projeto muito legal, que acontece nos primeiros e terceiros domingos de cada mês, o Leitura na Praça. Idealizado pela Estella Cruzmell, trata-se de uma biblioteca ao ar livre na praça, com livros para todas as idades, só para crianças são mais de 400 títulos :)
E ainda há sempre contadores de histórias para alegrar as manhãs de nossos pequenos!

Praça com história

Bebedouros

Praça com cara de interior

Castelinho: o único brinquedo da praça
As Marias, filhas da nossa leitora Daniella Araújo, sempre estão por lá

Santa Teresa é tudo de bom :)
Alimentar os pombos é diversão para os pequenos

O que tem de bom por lá:
:: Amplo espaço para brincar
:: Segurança
:: Projeto Santa Leitura na Praça

O que precisa melhorar:
:: Conservação e Limpeza
:: Brinquedos

E para completar, a praça Duque de Caxias nas palavras dos leitores Na pracinha:

Santa Tereza respira boemia e a famosa pracinha sempre acolhe e promove eventos culturais, lugar de gente feliz. Não é à toa que dizem por aí que a felicidade mora em Santa Tereza, eu concordo. Ponto de encontro entre famílias, moradores do bairro e redondezas, lá o que mais gostamos é do espaço: dá pra ler, correr, pular corda, jogar bola, andar de bicicleta, patins, encontrar amigos da escola e até mesmo fazer novos amigos que ali encontramos frequentemente.

É uma praça bem arborizada com muito lazer para toda a família, mas não posso deixar de falar do que encontramos diariamente por lá: moradores de rua dormindo no único brinquedo destinado às crianças; lixo por todos os lados, mesmo havendo lixeiras; falta um espaço destinado aos pequenos, como por exemplo, um escorregador, que pracinha não tem ao menos um escorrega? É um local agradável de visitar, eu particularmente adoro sentar no banquinho em frente à igreja, ver as crianças correndo o tempo todo pra lá e pra cá… Frequentamos a pracinha desde o nascimento do João, que hoje está com 5 anos, trocou seus primeiros passos lá e acabou de tirar as rodinhas da bicicleta na mesma pracinha, junto aos amigos, companheiros de descobertas. É um marco na infância deles e tenho certeza que nunca se esquecerão deste momento.” Hellen Carvalho, mãe do João

Que tal conhecer a praça pelo Nosso Mapa do Tesouro? Veja aqui.

#repost
post original: 17/01/13
post atualizado: 04/12/13