Dando continuidade ao post de ontem, que apresentou todas as dicas para curtir a praia com os pequenos, hoje completamos com uma dica final: praia é muito legal, mas conhecer também as pracinhas da cidade visitada pode ser surpreendente.

Nós tivemos uma grata surpresa em Aracaju, onde conhecemos uma praça maravilhosa, bem cuidada, colorida e aconchegante. Trata-se da Praça Missionária Zilda Arns.

O local, que ocupa uma área de 7.468 m², foi inaugurado em 2010, ano em que o mundo perdeu uma grande mulher, uma lutadora: Zilda Arns, que fundou a Pastoral da Criança e dedicou sua vida aos pequeninos. A Praça é uma homenagem a essa médica pediatra que soube praticar e semear a solidariedade por onde passou.

A Praça Zilda Arns encanta desde o primeiro instante, com um lindo e imponente portal de entrada, um convite para conhecermos tudo o que ela tem a nos oferecer.

Os brinquedos são próprios para uma cidade quente – escorregador de cimento, que não esquenta ao sol, balanço de madeira, que também não queima o bumbum da meninada.

O projeto arquitetônico é encantador – há grandes e pequenas borboletas feitas de mosaico no piso, os espaços são bem divididos – parquinho cercado para proteger a areia dos animais de estimação, aparelhos de ginástica em amplo espaço.

O amarelo e vermelho predominam, e junto às outras cores do parque, deixam tudo mais bonito, não tem criança que não se apaixone por um espaço como esse.

Aqui em BH nós nunca vimos uma praça com esse estilo, será que ainda vamos encontrar algo assim?

A praça é a cara das crianças – e com piso de areia no parquinho, uma delícia :)

Atenção à sinalização: na área das crianças, só crianças!

A gente acredita que um bom projeto tem a capacidade de transmitir os melhores sentimentos aos pequenos

Muitas borboletas em mosaico “voavam pelo chão”

A área com aparelhos de ginástica também é cercada com uma sinalização própria
Aparelhos de ginástica bem conservados

Olha a borboleta-mãe!

Sobe, sobe!

Iupi! Escorrega de cimento para não queimar o bumbum :)
Detalhe da vista aérea da praça: um jardim desenhado no chão – é ou não é encantador?
E tem cajueiro no meio do parquinho, minha gente!

Fica a dica: quando for a Aracaju, passeie Na pracinha também!


O que tem de bom por lá:
:: brinquedos que não esquentam ao sol
:: cores e mais cores
:: amplo espaço para correr
O que pode melhorar:
:: se fosse possível, diminuir um pouquinho o calor – mas esse item vai ficar difícil controlar…!
Quer conhecer?

Exibir mapa ampliado