O seu filho precisa de aparelho. Mas qual será melhor, o fixo ou o removível?

Isso nem sempre pode ser uma escolha pessoal. O profissional vai mostrar à família qual o mais indicado para o caso.

A vantagem do aparelho fixo é que ele não dependerá da colaboração da criança no sentido de permanecer com ele o tempo todo na boca, além de realizar movimentos mais precisos.

A desvantagem do aparelho fixo é a dificuldade da higienização.

A vantagem do aparelho removível é a possibilidade de retirá-lo, o que vai facilitar na limpeza do mesmo, na higiene bucal e na alimentação da criança.

A desvantagem do aparelho removível é que a eficácia acaba sendo comprometida, pois a criança se esquece de colocá-lo novamente e perde-o com frequência.

E como manter a higiene bucal para os usuários de aparelho?
Veja abaixo alguns artigos úteis:

:: Escovas ortodônticas: são práticas para aqueles aparelhos fixos tradicionais, com “brackets”. Mas não imprescindíveis:

 
:: Escova bitufo: para acessar áreas de difícil alcance:

:: Escovas interdentais: entram nos cantinhos mais difíceis:

:: Passa-fio: peça pequena de plástico que serve para se colocar um pedaço de fio dental e permitir que ele entre por baixo dos aros de aparelhos:

:: Fio dental Superfloss: tem o mesmo objetivo do passa-fio. É mais caro, mas mais fácil de usar. Vem em uma caixinha com 50 unidades, com a pontinha plástica como continuação de cada fio para passar por baixo dos aros de aparelhos:

Peça ao ortodontista e também ao odontopediatra de seu filho uma aula prática sobre a higienização, assim que colocar o aparelho. Pois, afinal de contas, o aparelho é um companheiro temporário. E os dentes devem ficar saudáveis para sempre! Boa sorte!