Playground Ideas: ajudando comunidades a criar espaços de brincadeiras onde não existe opção

Toda semana este blog publica um novo espaço para brincar pela cidade, onde você pode levar seu pequeno para se divertir em uma manhã ensolarada ou num final de tarde aconchegante.

Mas você já parou para pensar que, enquanto ficamos na dúvida sobre que praça visitar, em alguns lugares do mundo, há crianças que não têm sequer uma opção de gangorra para balançar? São famílias que passam por cenários difíceis, de pós-guerras, de pobreza.


Não que a gente deva se isentar de cumprir nosso papel de cidadãos e exigir da Prefeitura a manutenção dos brinquedos nas praças e parques que foram projetados para as nossas crianças.

Crianças carentes no mundo inteiro podem
ser beneficiadas com um Playground

Mas é preciso olhar além. Existe uma iniciativa muito bonita criada na Austrália que visa desenvolver Playgrounds especialmente para essa população que precisa voltar a sorrir, que pode encontrar nas brincadeiras, alternativas para se sentir importante, interagir, dividir, cumprir desafios, crescer. O Playgrounds Ideas é um projeto da From The Ground UP que tem beneficiado muitas crianças pelo mundo afora.

Funciona assim: indica-se um local para ser beneficiado com a construção de um Playground. No site, cadastra-se esse espaço, inserindo o número de voluntários necessários, o número de crianças a serem beneficiadas e a data de início da construção, com um breve resumo da comunidade envolvida. Qualquer interessado em ajudar pode selecionar aquele projeto para colaborar.

A ajuda pode ser realizada de várias maneiras: projetando efetivamente o Playground, inserindo a sua empresa como apoiadora, sendo um voluntário que possa viajar ou não, enviando uma sugestão de novo brinquedo ou colaborando financeiramente como doador.

Alguns locais que têm sido beneficiados são o Kenya, Cambodja, Bolívia, Nigéria, Guatemala, Namíbia, Indonésia, entre outros.

No site do projeto, existe um passo a passo que ensina a construir um Playground de forma simples e didática. São três apostilas que fornecem as seguintes informações:


1) 5 passos para criar o projeto: ouvir, planejar, projetar, construir e manter. A apostila orienta especialmente, antes de iniciar o projeto, a escutar a comunidade e descobrir suas dificuldades e anseios para que o projeto seja adequado da melhor forma possível.
  

2) Manual para projetar o Playground: A apostila apresenta inúmeras possibilidades de brinquedos, formatos e materiais para se criar o projeto, normalmente com elementos reutilizados, como pneus de automóveis de formatos diversos, cordas, pedaços de madeira, entre outros.

O Manual para Projetar o Playground apresenta inúmeras opções de criação
  

3) Manual de segurança: esse volume apresenta os principais cuidados que devem ser observados para a segurança das crianças, como a distância entre as grades, os cantos arredondados dos brinquedos, entre outros. Projetar brinquedo é coisa séria!

O Manual de Segurança apresenta dicas úteis para proteger as crianças
  

O site também dá dicas de como buscar ajuda financeira para apoiar o trabalho e, para facilitar a vida daqueles que decidirem apoiar a causa, há um formulário a ser preenchido por meio do qual o Playground Ideas acompanha o trabalho, mesmo que a distância.

Vale a pena conhecer e se envolver: www.playgroundideas.org