Tem diversão melhor, nas férias de verão, do que passar o dia na piscina, na praia ou no parque, brincando com toda a família? As crianças adoram! Mas, as consequências da exposição solar prolongada, e sem a devida proteção, podem ser muito sérias.

Se, depois de um dia de brincadeiras sob o sol, a criança apresentar (mais comumente à noite), pele quente, dor de cabeça, tonturas e vômitos, pode ser um quadro de insolação. Muito comum no verão, a Insolação é causada pela absorção intensa de raios UltraVioleta pelo corpo. Se não for tratada imediatamente, com intensa reposição de líquidos, sais minerais e repouso, principalmente nos pequenos, evolui-se para um quadro de desidratação que, em graus adiantados, pode levar a morte.

Portanto mamães, não subestimem o sol, estamos enfrentando um verão seco e com altíssimas temperaturas. Devemos evitar a exposição solar entre 11h e 16h, pois a radiação solar está no seu nível máximo neste período. E, mesmo fora desse período crítico, a exposição solar deve ser feita com proteção: filtros solares, blusas e chapéus, ajudam muito a aumentar o tempo da diversão sob o sol. As blusas e chapéus com tratamento anti UV são ótimos aliados, uma vez que a cabeça e o tronco juntos, perfazem 56% da superfície corpórea de uma criança. E quanto menor a área exposta ao sol, menor o risco de insolação.

A hidratação frequente também é fundamental. A criança bem hidratada corre menos riscos de sofrer as consequências graves da insolação. Mas atenção: a hidratação não impede que os raios UV penetrem no corpo da criança. No entanto, seguramente, a protege de consequências piores. Além da água, a água de côco e o soro caseiro, promovem uma reposição rápida de sais minerais, o que é muito importante no calor intenso. Devemos ter especial cuidado com os sucos e refrigerantes sob o sol, pois podem causar queimaduras na pele.

Com as devidas precauções, poderemos curtir todo o verão com muita alegria. Mas, em caso de sintomas de insolação, hidrate bem a criança e observe. Em casos de vômitos intensos e prostração, procure um pronto atendimento médico o quanto antes.