Passeios no parque sempre incluem procurar pequenos tesouros como folhas, flores, galhos e sementes. Impossível voltar para casa sem pelo menos um gravetinho nas mãos! Nos veio então a ideia de aproveitar os achados e fazer um móbile natural. Colocamos na bolsa alguns pratinhos de papel, cola, fitas, um furador e lá fomos nós bagunçar ao ar livre.

Nossa brincadeira começou com a pequena Gigi passando cola nos pratinhos. Uma florzinha aqui, um pouco mais de cola, uma semente, uma folha. E cola novamente. Foi quando percebemos que para ela passar cola era tão divertido quanto colar. Nos veio então a ideia de misturar algumas estrelinhas metálicas esquecidas no fundo da bolsa para deixar a cola mais divertida. E ela adorou, pedindo mais e mais estrelinhas!

Sempre concentrada, de vez em quando interrompia a atividade a procura do papai para dizer: “Olha que lindo o que estou fazendo!”. E, orgulhosa do resultado, mergulhava novamente em sua colagem de folhas, flores e sementes. Em um certo momento, olhou para o parquinho ao redor e pediu para usar areia. E porque não? E assim seguiu passando cola, agora usando também a areia como ingrediente. E nem mesmo a visita de um amigo macaquinho, curioso com todo movimento e com os móbiles que penduramos para secar, atrapalhou a concentração da Gigi. Foi só depois de um longo tempo que ela deu a atividade por encerrada e foi explorar o parque novamente.

 

Pratinhos e fitas foram a base para o móbile. Um furador de estrelinha deu um charme especial <3

 

Gigi começou colando uma florzinha
O mais divertido foi passar bastante cola nos pratinhos

 

A areia deixou a atividade ainda mais sensorial

 

Os móbiles ficaram tão legais que até um macaquinho curioso veio dar uma espiada.

DICAS

  • Use os pratos que sobraram de alguma festa, ou pedaços de papelão. Tampa de caixa de pizza também fica bem legal!
  • Misture outros elementos como estrelinhas, lantejoulas ou purpurina. As crianças adoram!
  • Cola branca demora para secar. Espere que esteja bem seca para pendurar o móbile, caso contrário os elementos da colagem podem escorrer e cair, deixando uma meleca no chão.

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Visão, tato, olfato. Explorar elementos da natureza é uma ótima atividade para trabalhar diferentes texturas, cheiros e cores.
  • Imaginação. Dá para criar lindas colagens com a mistura de folhas, flores e sementes, formando desenhos abstratos ou mesmo formas concretas.
  • Coordenação motora. Passar cola e manusear diversos elementos criando uma composição são movimentos que também exercitam a coordenação.
  • Linguagem. Expedições ao ar livre permitem novas descobertas e o enriquecimento do vocabulário. Durante a atividade procure dar nome e descrever as características de todos os elementos que forem encontrados.

SEGURANÇA

Cuidado com o uso da cola! Ao terminar a atividade verifique se não ficou nenhum restinho no chão ou em folhas e plantas. Afinal, não queremos nenhum bichinho curioso ingerindo cola sem querer.
Ao buscar elementos para a colagem, muita atenção para não deixar a criança pegar nada que possa ser perigoso, como plantas venenosas ou cogumelos. Certifique-se também de não pegar nada que tenha insetos ou espinhos.PREPARO e BAGUNÇA

O preparo é bem simples. Faz um pouco de bagunça sim, mas é fora de casa. Ainda assim é importante ao final da atividade limpar o lugar com atenção e não deixar nenhum resto de cola espalhado. Também não esqueça de recolher as folhas e flores que sobrarem e devolvê-las para natureza.

Fotos por David Barkan