Banana amassada com leite, mel e aveia: uma das refeições para um bom soninho

A alimentação pré sono auxilia as crianças a dormirem mais tranquilas e melhor. Já os alimentos gordurosos ou bebidas à base de cafeína (refrigerantes) podem atrapalhar esse momento.

Durante o sono, o organismo fortalece o sistema imunológico, liberando hormônios (como o do crescimento), arquiva memórias e relaxa a musculatura corporal. Existem nutrientes que podem favorecer uma boa noite de sono: Magnésio, Vitamina B6 e Triptofano.

O Triptofano transforma-se em serotonina, uma substância química que promove o relaxamento, melhorando o sono e em melatonina, hormônio que regula o sono.

DICA: ele deve ser consumido junto com um carboidrato, de preferência um carboidrato rico em fibras. Isso porque, além de aumentar a absorção do triptofano, o carboidrato impede a hipoglicemia. A hipoglicemia (ou baixo “açúcar” no sangue) costuma ocorrer à noite. Quando o nível de glicose no sangue cai, a adrenalina é liberada (uma forma de defesa do organismo em virtude da fome das células). Como esse hormônio é estimulante, pode ocorrer o distúrbio do sono.

A Vitamina B6 e o Magnésio também estão envolvidos na produção de serotonina.

Então, quais alimentos utilizar?

Banana, leite materno, ovos, queijos, couve flor, leite, alguns peixes, abacate, abacaxi, gergelim, tofu, castanha do pará, cereais integrais, espinafre, alho são ricos nesses nutrientes e devem ser usados na alimentação da criança principalmente no horário do jantar ou ceia (dependendo do horário que a criança dorme).

Exemplos de refeições ou lanches pré sono:


:: Banana amassada com aveia, mel e leite;
:: Abacate com leite;
:: Jantar de macarrão integral com molho de tomate, frango desfiado e espinafre;
:: Arroz integral, feijão, pescadinha grelhada ou assada na crosta de gergelim, saladinha.

Alimentação para um sono melhor vale para a família toda!