Sabe aquelas brincadeiras queridas da infância? Para nós pescaria é uma delas. E estávamos ansiosas para matar a saudade e brincar com os meninos. Mas como fazer uma versão simples, divertida e que não fosse difícil demais para os pequenos? Passamos alguns dias quebrando a cabeça para achar uma solução. E foi pendurando uma foto na porta da geladeira que veio a ideia: vamos usar ímãs! E clipes de papel! Simples de fazer e fácil de brincar.
Recortamos alguns peixinhos em cartolina, decoramos com bolinhas adesivas, fizemos um furo na ponta e colocamos um clipe. Para a vara de pescar um graveto, barbante e um ímã amarrado na ponta. Improvisamos uma pequena lagoa de feltro e pronto! Hora da pescaria!
O ímã deixa a atividade um pouco mais fácil do que os tradicionais ganchinhos, mas ainda assim exige equilíbrio e é uma excelente maneira de exercitar a coordenação motora. E também um jeito muito gostoso de brincar de faz de conta!

DICAS

  • Decore os peixinhos como quiser. Chame as crianças para pintar, desenhar e fazer colagens. 
  • Para os maiores, proponha desafios como pescar peixes da mesma cor ou achar os pares.
  • • Na ponta da varinha use pedaços de ímã de propagandas. 

PRINCIPAIS ESTÍMULOS

  • Coordenação motora. Segurar a varinha de pescar e direcionar o ímã em direção aos clipes é um exercício que trabalha o equilíbrio do corpo todo. 
  • Raciocínio lógico. A atividade permite brincadeiras de raciocínio como buscar pares ou cores iguais. Aproveite também para mostrar como o ímã atrai apenas objetos de metal. 
  • Imaginação. Ótima atividade para estimular o faz de conta. 
  • Sensorial. Estimulo visual e para o tato, através da exploração de diferentes materiais como madeira, papel e metal. 

SEGURANÇA

  • Não use clipes enferrujados ou com pontas afiadas. 
  • Atenção para a criança não colocar os clipes ou ímãs na boca. 
  • Escolha gravetos em bom estado, sem farpas, partes pontudas ou pequenos insetos. 
  • Muita atenção ao tamanho do barbante! 
  • E nunca deixe crianças brincado sozinhas, fique sempre por perto para evitar possíveis acidentes.

Fotos: David Barkan