A visita a pracinha promove muitas descobertas e em boa companhia é melhor ainda
Foto: Patricia de Sá

 

Nesta fase de extrema curiosidade é muito importante estimularmos sensorialmente o bebê. Ofereça diferentes materiais, permita com que a criança experiencie texturas, sensações, espaços. Leve-o para brincar na grama, na areia, no cimento – é claro, sempre com supervisão. Lembre sempre de nomear as ações e os objetos durante a atividade. Brinque com o bebê e se divirta!

 Vamos brincar de esconder?
Foto: Patricia de Sá

:: Deixe o bebê engatinhar pela casa toda, para frente e para trás. Incentive-o a procurá-lo.

:: Peça para que aponte um objeto;

:: Deixe com que ele explore os espaços: embaixo da mesa, atrás da cortina, no gramado, no balanço;

:: Ensine-o a fazer os movimentos de “tchau”, “sim”, “não” e “vem”;

:: Estimule-o a se olhar no espelho;

:: Peça para o bebê dar um brinquedo e esperar com a mão estendida até ele entregá-lo a você;

:: Pergunte: “onde está a mamãe?”, “onde está o papai?”, e peça para o bebê apontar;

:: Dê caixas e cestas para ele encher e tirar objetos;

:: Improvise obstáculos para que ele explore suas capacidades;

:: Leve-o para brincar com outros bebês;

:: Divirtam-se com cabanas e túneis; serra, serra, serrador;

:: Cante, dance!

Fonte: Filhos_ da gravidez aos dois anos de idade

#repost