Foto: Patrícia de Sá
Foto: Patrícia de Sá

 

O Parque Cássia Eller, no bairro Castelo, até pouco tempo atrás era desconhecido dos moradores da cidade, uma vez que se localiza dentro de um condomínio – o Fazenda da Serra.  O nome é em homenagem à cantora que morou em BH por um período durante a infância.
Com 28 mil metros quadrados, por lá, é possível praticar caminhada, se exercitar nos equipamentos de ginástica e na quadra esportiva.  Há muita sombra, o que permite muitas horas de descanso e um bom espaço para piquenique.
Os brinquedos para as crianças são indicados até os 6 anos, há opções em madeira e uma casinha de plástico, esta fica em uma área coberta, iniciativa da Associação de Moradores para proteger a criançada do sol. Uma pena que a área de brinquedos fica em um gramado sintético – curtimos mesmo o natural. Mas, o espaço é amplo e tem muita área para explorar, inclusive, por lá encontramos diversas espécies de pássaros, vale ficar de olho!
Espia só como é uma delícia de lugar!
Diversão garantida!
Foto: Patrícia de Sá

 

Pátio pra brincar
Foto: Patrícia de Sá
E pular muita amarelinha!
Foto: Patrícia de Sá
Há os brinquedos de madeira tradicionais também
Foto: Fabiana Cristina
A criançada se diverte
Foto: Fabiana Cristina

 

Foto: Patrícia de Sá
Parque sensorial Foto: Patrícia de Sá
A casinha faz sucesso sempre
Foto: Fabiana Cristina

 

Jardins bem cuidados
Jardins bem cuidados
Foto: Viviane Lacerda
Foto: Patrícia de Sá
‘Bora explorar? Foto: Patrícia de Sá

 

Quadra esportiva

 

Mais uma quadra e alguns equipamentos de ginástica

 

Não é?

 

Um parque delícia para toda a família

 

Vamos passear?
Foto: Viviane Lacerda

 

O que tem de bom por lá:
:: muito espaço para brincar
:: segurança
:: banheiros
:: bebedouros
:: o espaço é muito bem cuidado

Fique atento! Para visitá-lo o acesso é pela nova entrada na Av. Presidente Tancredo Neves – criada em outubro/15. Não é possível estacionar dentro do condomínio.

Fique por dentro das regras do parque:
Fonte: Fundação de Parques Municipais

No parque é permitido:
– brincar de bola: desde que leve, de plástico e que as brincadeiras não perturbem o bom funcionamento do parque;
– andar de bicicletas de aro 12, 14 e 16 nas áreas delimitadas para o exercício da atividade;
– o uso de patins, patinetes ou similares para crianças de até 12 (doze) anos de idade;
– soltar pipas de papel nas áreas autorizadas, desde que não se utilize fios cortantes (cerol ou similares), longe da rede elétrica e sem perturbar os demais usuários;
– a entrada de cães, utilizando sempre guia de condução e coleira. Importante: os cães da raça Pit Bull deverão utilizar focinheira, conforme Lei Municipal nº 8.198 de 2001 (vale considerar que o parque é frequentado por crianças, então, cães de grande porte em geral deveriam usar a focinheira); a remoção e destinação das fezes dos animais são de responsabilidade de seus donos; os animais não devem entrar nos jardins e lagos.

 

:: post atualizado em Dez/16

Nota de esclarecimento da Fundação de Parques Municipais sobre a presença de Escorpiões
“A Fundação de Parques Municipais (FPM) esclarece que conta com uma rotina de limpeza e manutenção contínua no local, com a finalidade de evitar acúmulo de qualquer tipo de material que possa abrigar animais peçonhentos. Ocasionalmente, pode ocorrer o surgimento de algum desses animais, por se tratar do seu habitat e devido ao calor excessivo.
No entanto, até o momento não houve nenhum relato de incidente ou infestação envolvendo munícipes e escorpiões em nenhum dos parques municipais administrados pela FPM.
Ressalte-se que as ações preventivas adotadas pela FPM ocorrem em conjunto com o trabalho de Zoonoses da PBH, que realiza vistorias constantemente.

A FPM está ciente e acompanhando a situação, contando também com a colaboração da população para que, em caso de identificação deste tipo de animal em algum parque, avise imediatamente a administração do local, para que sejam tomadas as devidas providências.” 21/01/15