Esses termos são usados frequentemente na mídia e nem sempre conseguimos diferenciar seu significado.

Alimentos orgânicos são cultivados sem pesticidas artificiais, fertilizantes e herbicidas. Orgânicos à base de carne, ovos e produtos lácteos são obtidos a partir de animais que são alimentados com alimentos naturais e sem hormônios ou antibióticos. Os alimentos orgânicos comprados no mercado precisam vir com selo de certificação que comprova sua origem.

Alimentos naturais são aqueles obtidos diretamente da natureza, livres de ingredientes químicos no momento da compra (como os conservantes) e que não foram processados com outros ingredientes industrializados.

Os alimentos orgânicos possuem o diferencial de garantir um alimento livre de agrotóxicos em toda cadeia de produção (desde o plantio até a colheita, ou, no caso de produtos animais, toda alimentação e suporte dos animais). Mas em contrapartida, hoje em dia, sua produção ainda é menor e assim seu custo na maioria das regiões é bem alto.

Os dois tipos de alimentos são considerados os mais saudáveis e que devemos nos basear para escolher em nossa alimentação, como frutas, legumes, leite, grãos, carnes, ovos, entre outros.

Sempre que a família optar por consumir esses alimentos em seu dia a dia estará optando consequentemente por receber uma alimentação mais saudável para todos.