A música torna os corações dos homens felizes: então, e apenas com base nisso, poderíamos assumir que os mais novos deveriam ser treinados para isso.” – Aristóteles
Uma das principais formas de conexão entre pais e filhos, durante a gestação e após o nascimento, é através da música. Canções de ninar, histórias cantadas, rimas inventadas, balbucios engraçado fazem parte do repertório familiar.

Em nossos eventos, a presença das instalações sonoras faz muito sucesso com os miudinhos.  As apresentações musicadas atraem a atenção dos bebês, dos bem pequenos e dos maiorzionhos, pois é um instinto natural a curiosidade para conhecer os sons.

Estudos apontam diversos benefícios da música na primeira infância, estimulando os sentidos, a socialização, a alfabetização,a  inteligência, a capacidade inventiva,a  expressividade, a coordenação motora e tato fino, a percepção sonora; a  percepção espacial, o raciocínio lógico e matemático e a estética.

Musicalizar é tornar a criança sensível e receptiva aos sons, promovendo o contato com o mundo musical já existente dentro dela e promovendo uma apreciação afetiva e criativa dos sons que estão a sua volta. A intenção das aulas de musicalização infantil é ampliar os conhecimentos musicais da criança.

Antes mesmo de matricular a criança em uma aula de música, reflita sobre o repertório que você está apresentando a ele quando pensa em música infantis. A música deve divertir e emocionar.

Perguntamos para os nossos leitores na fan page sobre melodias que curtem ouvir com os pequenos. Fomos supreendidas com tantas sugestões legais, que resolvemos reuni-las aqui. A intenção é que a lista seja colaborativa, então contribuam conosco nos comentários ;)

O Elefante e a Joaninha“, de Hélio Ziskind
Responsável pelo tema de abertura do Cocoricó e Banho é bom do Castelo Rá-ti-bum, faz sucesso com a família toda!

A Arca de Noé“, de Vinícius de Moraes
O clássico agrada demais a criançada, e a notícia boa é que Adriana Calcanhoto produziu nova edição com lançamento programado para outubro. Terá até Gal Costa cantando <3

No maior pique” de Marco Aur
O projeto do músico e educador musical mineiro é para celebrar a infância, e tem feito um grande sucesso com as nossas pequenas. Puro encantamento para toda a família!

Adriana Partimpim
, de Adriana Calcanhoto
O projeto terá o álbum “Tlês”, lançado em outubro, mas as meninas super curtem o primeiro e o segundo ;)

Saltimbancos, de Chico Buarque
Lançado em 1977, o projeto  virou peça de teatro e conta a história do Jumento, do Cachorro, da Gata e da Galinha. Quem não ama?

Música de Brinquedo
, de Pato Fu
Músicas legais tocadas com brinquedos, criando uma melodia super especial.

Três Pontes,
 de Amaranto
O grupo vocal, composto pelas irmãs Flávia, Marina e Lúcia, sempre nos encanta, já falamos sobre elas aqui ;)

Festa na Floresta, Grupo Curupaco

O grupo mineiro tem suas origens e influências nas oficinas instrumentais do Grupo Uakti, em Belo Horizonte, nos anos 90.

Tum Pá
, Barbatuques

Referência internacional em percussão corporal, o grupo produz música orgânica utilizando o próprio corpo como instrumento musical: palmas, estalos, batidas, mãos e pés em sintonia. As crianças amam!

A Casa de Brinquedos
, Toquinho
O clássico do cantor faz sucesso há gerações. Por aqui, a gente adora, e vocês?

No Dorso do Rinoceronte, Outras viagens

O CD foi produzido com recursos do Fundo Municipal de Cultura de Florianópolis. A produção artística é de Silvio Mansani e Emilio Pagotto. Você pode fazer o donwload aqui.

Pequeno Cidadão
Letras conscientes e som com uma pegada bem rock´n´roll

Tu toca o quê
Grupo Tiquequê
Um grupo familiar que junta um pouco de tudo que faz parte desse universo — música, dança, teatro, brincadeiras, histórias — e transformar elementos simples (como pequenos instrumentos inusitados, sons do corpo e de objetos do cotidiano), em um espetáculo que comunica muito com muito pouco.

Casa de Brinquedos e Canção de Todas as crianças,
 Toquinho
Em Casa de Brinquedos, os brinquedos ganham vida, e viram personagens que falam através de seus intérpretes. “A bicicleta” é Simone; “O robô” é o Tom Zé; “O aviãozinho” é o próprio Toquinho; os atrapalhados  “Super-heróis” são o MPB-4; “O caderno” vem na voz de Chico Buarque, entre outros. Já Canção de todas as crianças representa o mais importante trabalho que já se fez no Brasil objetivando a criança, tendo recebido da ONU uma carta como reconhecimento por essa contribuição à humanidade. Cada Direito virou uma canção que falam de coisas seríssimas com a visão da criança, do jeito que a criança gosta de fazer “coisas sérias”: brincando. E, assim, brincando, mostram a importância dos Direitos da criança. São elas: “Bê-a-bá”, “Cada um é como é”, “Castigo não”, “De umbigo a umbiguinho”, “Deveres e direitos”, “É bom se criança”, “Errar é humano”, “Gente tem sobrenome”, “Imaginem”, “Herdeiros do futuro” e “Natureza distraída”.

Histórias da Arca, de Ana Cristina
O projeto de Ana Cristina, resgata as músicas de Vinicius de Moraes. No roteiro, canções costuradas por um texto lúdico e singelo, de autoria da cantora. Além dos instrumentos convencionais, o grupo toca com brinquedos.
Aquático, de Ana Cristina
Aquático mergulha no universo dos seres que vivem nas águas, explorando-os artisticamente, por meio da criatividade de compositores brasileiros.
Ciranda da Trança, Grupo Tremelengue
A dupla formada pelo músico Saulo Fergo e pela arte educadora Silvia Couto explora poesias infantis musicadas. A temática das canções são os animais, suas características, o estilo de andar, seus hábitos alimentares, seu meio ambiente. As letras além de possuírem um rico valor poético, trazem um valioso repertório de novas palavras para o vocabulário das crianças, além de despertar nelas uma grande admiração e respeito pelos animais. Você pode ouvir um preview aqui

Zoró Bichos esquisitos, Zeca Baleiro
O Ornitorrinco”, “A Serpente que Queria Ser Pente”, a “Girafa Rastafári”, a “Joaninha Dark”, a “Maria Fedida” e o “Morcego Sanfoneiro” estão entre a bicharada que povoa o universo lúdico e irreverente de “Zoró [bichos esquisitos] Vol. 1”, o primeiro álbum infantil do cantor e compositor maranhense Zeca Baleiro.

Cara de quê? e Coração Palpita, Grupo Coração Palpita
A iniciativa surgiu com o projeto Abrigo na Arte, como forma de levar educação de valores através da música e do teatro para as crianças do Abrigo Jesus, uma instituição escola que atende inúmeras crianças materialmente carentes.  As músicas do grupo são divertidas e contagiantes, despertando não só as crianças, mas também as crianças adormecidas em muitos adultos. E todo o repertório tem sido criado dentro desse ideal de valores.
Ultra Mega Fluuu, de Erika Machado
Neste trabalho a cantora apostou em uma sonoridade eletrônica, com músicas divertidas, dançantes e com os habituais barulhinhos de seus trabalhos. O repertório autoral e inédito aborda assuntos diversos, como a nossa sombra, palavras e desenhos.

Pé de Sonho, de Weber Lopes e Geovanne Sassá
É o trabalho de estréia da dupla Weber Lopes e Geovane Sassá. Dedicado ao público infantil, contém um repertório inspirado em temas como animais, família, floresta, bruxas, fazenda, medo, rimas, brincadeiras, etc. As músicas têm como base a riqueza rítmica do país, como xote, maracatu, congado, baião, barravento e afoxé.

Tempo de Brincar, de Elaine Buzato & Valter Silva
Brincadeiras nos quintais, cantigas de roda, conversas e histórias ao pé do fogo, festas na praça com cantorias e danças… O rico universo da Cultura Popular Brasileira é a fonte de inspiração para o trabalho da Companhia Tempo de Brincar, formada pela atriz e artista plástica Elaine Buzato e pelo músico e compositor Valter Silva.

A Palavra Cantada
O grupo criado pelos músicos Sandra Peres e Paulo Tatit irá completar 20 anos de carreira, acredita? Como opção de escolha, temos 13 cds para apresentar a meninada ;)

Éramos três
O grupo belo horizontino encerrou suas atividades este ano, porém, nos presenteia com o download gratuito do cd vencedor do Prêmio de Música Brasileira 2011 gratuitamente. Faça aqui.

Brincando de Papel
A dupla carioca composta por Michelly Lemes e Tomaz Sussekind trabalha com o desenvolvimento social e cultural das crianças. O Cd está disponível para download aqui.

 Grupo Serelepe
O grupo mineiro, iniciou o trabalho na Rádio UFMG Educativa, hoje se dedica também a oficinas e intervenções musicais.

Banda Osquindô
a banda de Mariana desenvolve projetos em parceira com o setor educacional e já circulou mais de 120 cidades brasileiras. Até o momento já lançaram 3 CDs.

 Criancerias
O CD é um projeto educativo que propôs musicar a poesia de Manoel de Barros para o público infantil. São 10 poemas musicados pelo cantor e compositor Márcio De Camillo, que interpreta as canções ao lado de mais de 15 crianças nos vocais. O álbum foi indicado como um dos três melhores álbuns infantis de 2012 pelo ‘Prêmio da Música Brasileira’ e estreou em formato de videoclipes no Gloob, o novo canal infantil da Globosat.

Silvia Negrão

A cantora tem 3 discos produzidos para o público infantil: Catibiribão Vol 1 e 2 e Rabiola, Ola, Catibiribola, que foi indicado em 2014 ao 25.o Pêmio da Música Brasileira, na categoria Melhor CD Infantil.

Grupo Trii
Composto por Estevão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok, cantam histórias, músicas foclóricas e composições próprias. Os integrantes são oriundos do Palavra Cantada.

O Mundo de Dentro e o Mundo de Fora – Pé de Moleque
Lindos poemas cantados para as crianças pequenas pelos nossos queridos amigos Isaac Luis e Juliana Daher.

Tiquequê
O Grupo Tiquequê cria espetáculos infantis que unem música, dança, teatro e narração de histórias, reinterpretando cantigas e canções do passado e do presente, sejam elas muito ou pouco conhecidas.

Badulaque
Badulaque é um duo de música infantil formado por Daniel Ayres e Julia Pittier. Apresentando um repertório autoral, os arranjos da dupla são compostos a partir da utilização de instrumentos não convencionais, percussão corporal, sapateado, violão elétrico, piano e efeitos eletroacústicos. As letras das músicas focam na criatividade, na curiosidade e na inteligência da criança.

CD Vida de Bebê, de Isadora Canto

Fundadora do projeto Acalanto de vivência musical para gestantes, o CD foi indicado ao Grammy Ltino na categoria música infantil.
A cantora e compositora promove um trabalho que busca o fortalecimento do diálogo entre culturas e formas de percepção do mundo, entre aspectos de diferentes realidades e tradições.
Tem a proposta de colaborar com a formação musical das crianças de forma divertida, apresentando através de seus shows, repertórios da música popular brasileira que podem ser apreciados por toda a família.
Grupo Cria
O espetáculo “A família” une músicas inéditas do elogiado compositor Vinicius Castro a textos clássicos de literatura infantil (trechos de livros de Ruth Rocha, Cecília Meireles, Adriana Falcão e Ziraldo), e à músicas consagradas de Vinicius de Moraes. Finalista do 25º Prêmio da Música Brasileira.
A banda de super heróis tem uma pegada rock’n’roll que conquista pequenos e grandinhos.

Ossobanda

Cirandas e cantigas de ninar com arranjos que exploram de maneira divertida o universo lúdico e lírico de toda criança.
Fadas Magrinhas
Nos shows, Aninha e Lulu Araújo encantam a todos quando unem a tradição popular do frevo, maracatu, coco e caboclinho, ao que de mais inovador se produziu no cancioneiro infantil dos últimos tempos no Brasil.
O mineiro desenvolve um trabalho paralelo para as crianças.
Rádios infantis com programação voltada para os pequetitos
Crédito da imagem: Favim


#repost
Primeira publicação em setembro/13
Post atualizado em dezembro/16