O ano está no fim e olhamos para trás com uma alegria e saudade meio misturadas, assim.
E dá vontade de dizer um “obrigada” bem alto a todos vocês, junto com um abraço apertado, por terem passeado com a gente por tantos parques e praças de BH. Valeu, minha gente, por todos os sorrisos, toda a gentileza espalhada por aí no ano que chega ao fim :)
Alcançamos 1.450 postagens no blog, 15 mil seguidores no facebook e 8 mil no Instagram (uhu!). Números vivos, porque sentimos que vocês estão, de verdade, junto com a gente.

Hoje, trazemos os 15 de 2015 – os posts mais acessados ao longo do ano. Se você já passeou por eles, vale relembrar. Se ainda não conheceu esse conteúdo, dá uma espiadinha – vai ver como vale a pena.

Bons passeios para todos nós em 2016 :)

  
Com mais de 350 mil acessos, foi uma grata surpresa 
perceber tantas famílias interessadas neste importante assunto
O boom das festinhas em parques coincidiu com o início da divulgação desse formato 
no blog Na pracinha – ficamos bem felizes e continuamos incentivando :)
Iniciando um novo formato de eventos do Na pracinha, diferente 
dos Encontros, fez a cabeça das famílias em 2015
Só dica boa, que dá para aproveitar nessas férias também, bora curtir Beagá!
O Encontro Na pracinha realizado pela primeira vez no Parque Rosinha Cadar, no
bairro Santo Agostinho – surpreendentemente lindo, divertido e cheinho de famílias felizes
Mais uma edição de festa ao ar livre, do jeitinho que essa praça gosta :)
Porque o legal das lembrancinhas é, de preferência, 
ser útil e ter um significado que importe
Ótimo post pra aproveitar nessas férias, hein?
O Parque amigo das crianças e dos au-aus :)
Inaugurando um novo formato de parquinho concebido pela Fundação de Parques Municipais,
com brinquedos divertidos feitos de pneus – e cuidadosamente tratados para não acumular água ;)
Utilidade para as mamães, diversão para os pequenos
O Parque que nos cativou em 2015 :)

O calendário gratuito que criamos, tem dicas de passeios e brincadeiras para todos os
dias das férias de verão! Já baixou o seu?

O que oferecer, como oferecer, o que fazer se eles não aceitam, como estimular?
O terceiro formato de evento do Na pracinha – diferente dos Encontros Na pracinha e Piqueniques Literários,
a Feira de Trocas estimula o desapego e a reflexão sobre o consumismo exagerado.