Um parque escondido no coração do bairro Santo Agostinho, você conhece?
Com quase 7 000 metros quadrados, o espaço é frequentado por famílias e trabalhadores da região, que encontram ali um local de descanso e tranquilidade.

Passar uma manhã no Rosinha Cadar é diversão na certa para garotada. Eles se divertem no parquinho, podem usar as mesas de jogos, além de correr e brincar livremente, como tem de ser. O ambiente natural permite que os pequenos explorem a imaginação e brinquem de caça ao tesouro, exploradores da natureza – o que der na telha!

Percebemos, em nossos passeios, que o parque recebe, com frequência, um grande número de cachorros. Sim, nesse espaço é possível levar o amigo da garotada no passeio, diferentemente de muitos outros parques da cidade. Não há problema em compartilhar o local com eles, afinal, basta que seus donos sigam regrinhas de higiene e segurança. E qual é a criança que não adora ver um “au-au”?

Hora de programar um passeio: aproveite para colocar na mochila brinquedos que podem ajudar a criançada a se divertir: corda, peteca, bolha de sabão. E, principalmente, disposição e alegria para brincar junto com o filhote. Ele vai guardar para sempre, com saudade, esses momentos da sua infância, pode apostar.

 

O que tem de bom por lá?
:: Muito espaço para brincar
:: Brinquedos bem conservados
:: Muita sombra e bancos para contemplação

O que precisa melhorar:
:: A limpeza da área dos tanques
:: Conscientização dos donos dos animais quanto ao uso da guia e conivência com as crianças

Fique por dentro das regras do parque:
Fonte: Fundação de Parques Municipais


No parque é permitido:

– brincar de bola: desde que leve, de plástico e que as brincadeiras não perturbem o bom funcionamento do parque;
– andar de bicicletas de aro 12, 14 e 16 nas áreas delimitadas para o exercício da atividade;
– o uso de patins, patinetes ou similares para crianças de até 12 (doze) anos de idade;
– soltar pipas de papel nas áreas autorizadas, desde que não se utilize fios cortantes (cerol ou similares), longe da rede elétrica e sem perturbar os demais usuários;
– a entrada de cães, utilizando sempre guia de condução e coleira. Importante: os cães da raça Pit Bull deverão utilizar focinheira, conforme Lei Municipal nº 8.198 de 2001 (vale considerar que o parque é frequentado por crianças, então, cães de grande porte em geral deveriam usar a focinheira); a remoção e destinação das fezes dos animais são de responsabilidade de seus donos; os animais não devem entrar nos jardins e lagos.

Quer conhecer?


Exibir mapa ampliado

#repost
post atualizado em ago/17