O filho nasce, o filho cresce, e as roupas que se perdem? Muitas famílias guardam para o/a irmão/irmã, outras doam, outras repassam para parentes e amigos, e muitas vendem no brechó! Sim, tem brechó também para roupas de crianças. E não é roupa velha que a gente encontra por lá não, viu? Tem muita coisa legal e com um preço bem em conta. Isso vale também para móveis, enxoval e até mesmo brinquedos, que são deixados de lado quando as crianças passam a se interessar por objetos diferentes.

Dependendo da idade, as peças são usadas pouquíssimas vezes, por isso, encontramos muitas em ótimo estado e com preço reduzido, a família economiza bastante! Comprar em brechó também é interessante por serem peças únicas, de boas marcas nacionais e importadas, além de acessórios diferenciados. Recorrer a este tipo de loja também é legal quando precisamos de uma roupa para uma ocasião específica, como uma viagem – encontramos opções de roupas de inverno, por exemplo, que poderão ser usadas e depois revendidas.

Em BH, temos opções de brechó infantil com loja física ou virtual. Se você faz questão de ver e tocar a peça, opte por uma loja física. Há alguns brechós virtuais que têm o escritório para os clientes que preferem a visita. Porém, a maior vantagem do brechó virtual é a facilidade e comodidade da compra. Além de comprar, você também pode vender as roupas e apetrechos do filhote. Lembrando-se sempre do bom estado de conservação. Alguns brechós compram diretamente e outros ficam com a peça em consignação, cada loja cobra uma taxa por essa negociação. Nos brechós virtuais, a dinâmica é similar, mas você escolhe o valor de venda e o site fica com uma comissão que gira em torno de 20%.

É comum, durante a primeira visita a um brechó, o cliente ficar receoso. Por isso, compartilhamos algumas dicas para facilitar a sua compra:

. Observe a limpeza do lugar e dos produtos. Os bons brechós não têm produtos sujos e manchados.
 Se for loja física, leve a criança para experimentar a peça, desta forma, você evita o desgate de não ter servido.
Avalie a peça com cuidado. Manchas são difíceis de serem retiradas, e dependendo do defeito, a revenda da peça fica comprometida. Teste fechos e zíperes.
No caso de acessórios, avalie ferrugem, conforto, fechos e o cheiro.
No caso da loja virtual – ou do grupo de desapego virtual, é importante usar a tabela de medidas para avaliar o tamanho do seu filhote. Dê preferência por tamanhos maiores para aproveitar mais.
Priorize também a segurança no caso das negociações virtuais, avalie as recomendações da loja e o processo de pagamento. As roupas são enviadas pelos correios com frete a combinar.

 

Comprar roupas de segunda mão faz parte do consumo consciente e incentiva seu filho neste aprendizado – já falamos mais a respeito neste post.

Para quem está em busca de brechó para roupas, acessórios, artigos de enxoval e brinquedos, veja algumas sugestões {clique no nome – quando em destaque – para acessar o site ou fan page}
A lista não representa indicações do Na pracinha. Trata-se apenas de opções de lojas em Belo Horizonte.

:: Babychó
R. Major Lopes, 7 loja 2 – São Pedro
(31) 3653 0559

:: Bebê Fashion
Rua Ceará, 1222 – Funcionários
(31) 3243-8865

:: BB On-line
R. Aimorés, 462, sl 506 – Funcionários
(31) 2555 2111

:: Brechó do Bebê

R. Jacui, 2300 – Nova Floresta
(31) 2526 0901

:
: Brechó Kids
 R. Irlanda,125 – Itapoã
Av. Isabel Bueno, 1252 – Jaraguá
(31) 3427 9036 | 3497 4701

:: Brechozinho
R. Romualdo Lopes Cançado, 142 lj 16 – Castelo
(31) 2527 2870

:: Cresci
R. Felipe dos Santos, 568 – Lourdes
(31)9114-6518 e (31) 9209-1486:: Giralook Brechó Infantil
R. Antonio Teixeira Dias, 2055 – Barreiro
(31) 2517 7767

:: Joaninha Brechó Infantil
R. Leonil Prata, 814 – Alípio de Melo
(31) 3504 2129

R. Tomé de Souza, galeria 810, lj 7 – Savassi
(31) 3227 8062

:: Pimpolhitos Brechó Infantil
R. Belmiro Braga, 1255 A – Caiçara
(31) 3318 8907
:: Sonho de Bebê
R. Pouso Alegre, 2060 lj 01
(31) 3504 9280
R. Paulo Simoni, 123 – Santo Antônio
(31) 8484 1012 | 3653 0559
Na internet (sites e grupos virtuais)
UPDATE: atualizado em set/17
Primeira publicação: jun/13