O azeite é considerado essencial para uma alimentação saudável. Ele possui uma substância, extraída das azeitonas, com teor elevado de ácidos graxos monoinsaturados, que auxiliam na redução do LDL (o chamado colesterol ruim). Também é fonte de vitamina E e antioxidantes responsáveis por combater os radicais livres que causam danos às células.

Os azeites encontrados em mercado possuem características diferentes que tornam o produto melhor ou pior.

Como escolher seu azeite?– prefira as embalagens escuras: protegem o azeite da oxidação causada pela luz (a oxidação altera as características benéficas do produto);

– quanto menor a acidez, maior a pureza e maiores os benefícios à saúde. Sendo assim, o melhor azeite (e mais caro) é o extra virgem (acidez de até 0,8%);

– evite comprar se houver mistura de outros ingredientes que não possuem os mesmos benefícios (óleo de soja, girassol etc);

– azeites importados: é preferível ser produzido e embalado no mesmo país, evitando, assim, oxidação do produto.Ao cozinhar o azeite em temperaturas muito altas, ele pode ter suas propriedades alteradas. Portanto, prefira utilizá-lo em temperaturas mais baixas ou cru.

O azeite pode ser inserido na alimentação de toda a família, desde o início da alimentação complementar. Entretanto, como todo óleo, ele possui bastante energia e, por isso, deve ser consumido diariamente, mas com moderação.