Na semana passada, como vocês acompanharam, nos auto desafiamos a melhorar o lanche de nossas filhas a partir de um Workshop  sobre Merenda Escolar em que participamos {confira aqui as dicas}. A intenção era tornar as lancheiras das mais saudáveis, variadas e atrativas, para incentivar o consumo das crianças no lanche da escola.

Não foi nada fácil cumprir este desafio. Teve dia que o suco teve que ser de caixinha, teve dia que o salgado foi pipoca mesmo. Mas algumas coisas interessantes aconteceram e selecionamos abaixo os principais resultados pra vocês:

Para a Sara, segundo a Miriam

– Sara havia parado de consumir fruta no lanche. Ela não estava se interessando e eu, cansada de ver a fruta voltar, parei de enviar, por puro desânimo de insistir. Na semana passada, ela levou – e consumiu! – fruta todos os dias. Tive que usar estratégias diversas – frutas com cortador, recadinho por fora da banana etc. Mas acho que esse foi o melhor resultado no caso dela.

– Vale a pena planejar – mesmo que o planejamento não funcione…! Fizemos um cronograma prévio do que seria levado a cada dia. Mas, é claro, não deu certo. No entanto, serviu para dar uma norteada. Se não houver esse compromisso, vamos acabar continuando a mandar pãozinho ou biscoito todo dia…

– No dia do pão integral em formato de coelhinho, Sara veio me contar que a professora fotografou o lanche na sala de aula – super incentivo para a mamãe aqui. O único problema é que o cortador era emprestado de uma amiga – terei que adquirir um exemplar em breve…!

Para a Cecília, segundo a Flávia


– Cecília tem se tornado bem restritiva no caso da alimentação, às vezes parece que quer viver apenas de bolo e iogurte. Aproveitei os aprendizados e tornei a merenda escolar uma oportunidade para que ela experimentasse novos alimentos ou redescobrisse os gostos dos já conhecidos e deixados de lado. Por exemplo, o queijo. Quando ela vê na geladeira, não pede, mas ao cortar em outro formato, ficou toda interessada, comeu e repetiu ao longo da semana.

– Não sou uma expert na cozinha, relatei isto em um dos posts, mas fazer algumas tentativas com ela tem nos aproximado muito. Além de super valorizar as produções – mesmo quando o resultado não ficou muito bom – ela adora contar para as pessoas, inclusive, em uma das atividades escolares ela desenhou sobre mim e os biscoitos que temos feito. Sim, os biscoitos são uma grande mudança por aqui, pois já não comprávamos muitas opções (eu sempre dava preferência para a linha integral), mas agora nós fazemos os biscoitos, e ficam uma delícia!

– Na escola da Ciça, as frutas são compartilhadas. Ela come muito bem e de forma variada. A banana, no entanto, ela tem deixado de lado. Com a estratégia do recadinho no alimento, ela comeu, curtiu e a mamãe aqui ficou super contente.

{As lancheiras e acessórios usados no desafio da lancheira são do Baú da Lulu, um site super legal de produtos para bebês e crianças com cada coisa mais linda. Nós curtimos especialmente a lancheira de joaninha, que tem um compartimento na parte de baixo, os saquinhos de alimentos, que são de zíper, mas laváveis (internamento são revestidos de plástico), e as garrafas térmicas que são super práticas}.

 

As receitinhas que usamos no 
desafio da lancheira – por serem rápidas de fazer – são:

:: Biscoitinho de gergelim – as delícias do Dudu {aqui}

:: Bolo de cenoura {aqui}


:: Bolo integral de banana
1 ovo
1 banana amassada
1 colher de aveia
1 colher (café) de açúcar
1 colher (café) de fermento
Misture, distribua em forminhas e coloque para assar em forno médio. Demora 20 minutos aproximadamente. Também dá para assar no microondas (mas nunca tentei). Normalmente, eu faço a receita “dobrada”, para render mais.

:: Cookie de passas
2 xícaras (chá) de aveia em flocos

1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo integral
1/2 xícara de cacau em pó
4 colheres de açúcar (eu uso o mascavo)
1 ovo
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
1/2 xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de óleo
50g de uva passa
Misture tudo e modele com uma colher distribuindo em um tabuleiro untado e enfarinhado. Leva 30 minutos no forno aproximadamente.
:: Enroladinho de crepioca
1 ovo
2 colheres de tapioca
1 pitada de sal
Misture tudo com a colher.
Deixe a frigideira esquentar bastante e jogue a mistura nela.
Quando começar a “descolar” um pouquinho a beirada na frigideira, vire a massa.
Depois de pronto, corte com um cortador de pizza em tiras de 2cm aproximadamente.
Passe um pouco de requeijão (ou queijo cottage, geleia, o recheio pode variar) e enrole.
Arremate com uma fitinha colorida para ficar mais simpático ;)