Desenhando com carvão no Ateliê criativo
Somos encantadas com o Circuito Cultural Liberdade, um passeio que alia ar livre, cultura, história em uma praça <3 Um complexo de antigos prédios da administração pública que se tornaram espaços de cultura, artes e lazer.
Recentemente, estivemos no CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil, que faz parte do Circuito. O prédio, construído em 1926, com uma área de 12.000 m2, tem muita história para contar. Já recebeu a Secretaria de Segurança e Assistência Pública do governo mineiro, já abrigou o Comando Geral das Forças Revolucionárias, e mais recentemente, a Secretaria da Defesa Social e Procuradoria Geral do Estado. 
Em 2013, o CCBB foi inagurado. O prédio restaurado recebe hoje exposições, peças teatrais, shows musicais. É a sexta instituição cultural mais visitada no Brasil e a 95º no mundo, de acordo com o ranking da publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2014).
Uma vez, estávamos passeando por um museu, e ouvimos um visitante afirmar que ali não era lugar de criança. em rodas de conversa com pais também já escutamos isso. Muitos questionam “o que a criança vai fazer por lá?”, “não pode tocar em nada, qual a graça?’, “como a criança fica quieta num museu?!”. A gente acredita que o contato com esses espaços deve acontecer quando ainda estão pequetitos. O centro cultural é um estímulo à criatividade, a imaginação, só há benefícios ter contato a arte e é assim que tornamos esse comportamento um hábito. A cada dia, novos programas surgem dentro dos espaços para aproximar as crianças das artes. 
O CCBB Educativo é um exemplo, um programa do espaço que realiza visitas mediadas e atividades às exposições e à história do prédio, sempre com acesso gratuito e durante todos os dias de funcionamento. Na época de nossa visita, a exposição era sobre a obra de Iberê Camargo: um trágico nos tópicos – uma comemoração do centenário de nascimento do artista. Pinturas, desenhos, gravuras e matrizes faziam parte da produção artística disponível para contemplação. No Educativo, ouvimos histórias em “Cantos e Contos” relacionadas as obras e participamos de um jogo “Carretéis de Memórias”, um artefato muito explorado pelo artista – foi uma experiência bem interessante para vivenciar a arte de uma forma lúdica. 
Atualmente, a exposição em destaque é do multiartista Nuno Ramos, com várias instalações, com a mistura entre música e grandes peças. O prédio foi ocupado com obras de grandes dimensões, e a criançada poderá observar de várias formas – ótimo para despertar o olhar peculiar e criativo dos pequenos. 
Experíência tátil para conhecer a obra de Iberê

No laboratório criativo, a obra foi retratada em diversos materiais para despertar sensações

Tá na hora dos cantos e contos

A Marina nos contou uma história relaciona a obra de Iberê usando música e marionetes
Laboratório criativo

Um prédio que é um encanto

Contemplando – o que passa dentro dessa cabecinha?

Os carrretéis e suas memórias
Hora de brincar! Jogo em família: Carretéis de Memórias
Programação do Educativo

>> Visitas Mediadas

A partir do diálogo e de um percurso pela exposição ou pelo prédio, o público é convidado a refletir 

junto aos educadores.
Seg, qui, sex, – 10h, 11h, 13h, 15h, 17h, 18h.

Qua – 10h, 11h, 13h, 17h, 18h.
Sáb, dom e fer – 10h, 13h, 15h, 18h.
Visita Mediada em LIBRAS – Sábado às 15h


>> Visitas Teatralizadas
Conta a história do prédio e seus personagens.

Qua, qui, sex, sáb, dom e feriados- 18h.

Visita Teatralizada em LIBRAS – Sexta às 18h


>> Laboratório de ações criativas – Ação para família

Espaço de experimentação em arte que envolve práticas para toda família vivenciar os conceitos da exposição em cartaz.

Sáb, dom. e feriados – 11h e 17h




>> Em Cantos e Contos

O público viaja por histórias que se entrelaçam com a exposição em cartaz ou com o patrimônio do CCBB.

Sáb, dom e feriados – 14h e 16h.
Nesta atividade você pode v
Em Cantos e Contos em LIBRAS – Sábado às 14h


>> Musicando
Como a música pode se relacionar com a exposição em cartaz ou com o prédio do CCBB? Uma oportunidade para o público descobrir.

Sáb, dom. e feriados – 15h.



**Crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis.


O que tem de legal por lá:

– Exposições, ideias e programa educativo são gratuitos. Artes cênicas, música e cinema tem valores acessíveis. 
– O prédio é acessível, contando com rampas de acesso, indicação sonora e em braile nos elevadores, banheiros acessíveis em todos os andares, elevador adaptado, sinalização tátil em corrimão e totens, escadas com corrimão e indicação em braile e box para cadeirante no teatro. 
– O prédio conta com o Café com Letras, a Lanchonete e Cafeteria Sou Café e uma livraria.
– Há fraldário no andar térreo.

Quer visitar?
De quarta a segunda, das 9h às 21h.

Praça da Liberdade, 450 – Funcionários