“Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.
Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.”
Canção do exílio – Gonçalves Dias

Belo Horizonte não pára de nos surpreender. A gente passeia ali, visita aqui, brinca acolá, e de repente, nos deparamos com um bosque no meio de um bairro que achávamos que conhecíamos bem.

O Matinha é um parque pequeno, que conta com uma área de aproximadamente 15.000 metros quadrados, onde 80% é coberta por mata nativa. Ou seja, um espaço com muita sombra e super fresco. Ideal para brincar, fazer um piquenique e até uma festa ao ar livre!
Visitamos o espaço em uma manhã no meio da semana, e o parque estava vazio, à espera de crianças, muitas crianças. Algumas das fotos que ilustram esse post são dos preparativos do 23º Encontro Na pracinha que foi realizado no espaço.  Os registros são do amigo Fabiano Aguiar.Durante o passeio, é possível encontrar muitas aves e pequenos mamíferos, como micos e gambás. Recentemente, o parque recebeu brinquedos feitos de pneus, um material que tem sido resgatado pela Fundação de Parques Municipais. Além da durabilidade, o reaproveitamento é positivo para a natureza. Brincar com pneus é uma excelente oportunidade de exercitar a coordenação motora, já que é preciso trabalhar o equilíbrio! Por lá, os pneus estão presentes também como mesinhas, lixeiras, vasos de plantas. Mas todos preparados de forma a não acumular água parada!

A gente encontra mesinhas e bancos para contemplação. Infelizmente, o espaço ainda precisa melhorar a infraestrutura como instalação de banheiros e bebedouros (mas, isso não é motivo para não visitá-lo, já que a maioria das praças da cidade também não tem). No dia do nosso passeio, não havia presença da Guarda Municipal :(Vamos ocupar e brincar em mais essa área verde da cidade?

Ah, e olha que legal, durante os domingos, é possível passear no parque e brincar na rua <3
A Av. José Cândido da Silveira, que fica ao lado do Parque, fica fechada para que a população possa aproveitar ao máximo a diversão.

 

 

 

 

Uma matinha à nossa espera

 

Eu vejo muitas árvores em você
Cantinhos de contemplação com muita sombra pra curtirmos
Pela estrada afora…
Eu vou, eu vou, para o bosque agora eu vou!
Uma das entradas é pela Av. José Cândido da Silveira – que aos domingos tem o trânsito fechado para o brincar!
Chame os amigos para jogar :)
Até a lixeira é sustentável :)
Floreiras em pneus que atraem a atenção da meninada
Um jardim bem cuidado
No dia do Encontro, o parque ficou ainda mais fofo com o nosso colorido <3
Está a procura de um parque para o piquenique de aniversário?
Um parquinho de pneus para a diversão da criançada
– uma pena que esse tempo seco prejudica o gramado
Vamsos andar de moto?
‘Bora escalar?
Para escalar e explorar!
Vamos brincar!

 

 

Tem até tucano feito de pneu

O que tem de bom por lá:
:: arborizado
:: brinquedos de pneus

O que falta melhorar:
:: infraestrutura de banheiros e bebedouros



Fique por dentro das regras do parque:
Fonte: Fundação de Parques Municipais

No parque é permitido:
:: brincar de bola: desde que leve, de plástico e que as brincadeiras não perturbem o bom funcionamento do parque;
:: andar de bicicletas de aro 12, 14 e 16 nas áreas delimitadas para o exercício da atividade;
:: o uso de patins, patinetes ou similares para crianças de até 12 (doze) anos de idade;
:: soltar pipas de papel nas áreas autorizadas, desde que não se utilize fios cortantes (cerol ou similares), longe da rede elétrica e sem perturbar os demais usuários.