Quem lembra de jogar queimada quando criança? E de andar de perna de lata, jogar jogo da velha e pular corda? Quem já se fez de cientista, juntando, numa poção mágica, terra, folha, gravetos e tantos outros elementos?

No último Encontro Na pracinha, essas e outras brincadeiras foram resgatadas no parque Estrelinha, bairro Havaí. A gente se emocionou vendo crianças e adultos brincarem de verdade, com pé na grama, sob o sol e também sob a sombra das árvores.

O Pequeno Pajé fez pequenos e grandinhos se movimentarem jogando queimada de almofada, pulando alto na corda, rindo e se divertindo.

O grupo Pé de Moleque encantou a meninada com seus contos e até peixinho apareceu por lá. A Trupe Arte com Alegria também arrancou sorrisos e gargalhadas das famílias, que aproveitaram aquela manhã de inverno para apreciar uma boa história.

No meio do gramado, a Cirandar transformou dezenas de crianças em mini-cientistas, com experimentos malucos, como um vulcão de verdade!

E também teve oficina de móbile com a Trakinagem, que fez as crianças exercerem sua criatividade, assim como distribuição de bolhas de sabão pela Ideias & Festas, para pintar o parque de bolhinhas flutuantes.

Entre uma brincadeira e outra, as famílias puderam recarregar as energias nas charmosas foodbikes com bolos da Mirabolando, sucos Da Hora e chup-chups Santo Gelinho.

No final daquela manhã, tivemos a alegria de ver o espaço da Vó Dolores cheinho de doações, que saíram dali e foram direcionadas a famílias carentes. Valeu, pessoal <3A gente torce para que a cada dia mais famílias possam brincar junto e lá fora. Tente sempre, só assim a gente percebe como vale a pena! Um pouquinho a mais que fazemos, já faz uma grande diferença e promete momentos inesquecíveis de filhoterapia em família.

A gente sonha em ver os parques e praças da cidade assim, como mostram as fotos deste post, lindamente registradas pela Júnia Chaves: ocupados por famílias brincantes, em todas as regiões de Beagá.

Espia só como é bom brincar ao ar livre em família.

Quem fez o 24º Encontro Na pracinha::: Cantos e Contos da Água com o Pé de Moleque
:: Balaio de Histórias com a Trupe Arte com Alegria
:: Oficina de Móbile  com a Trakinagem
:: Ciranda Científica com a Cirandar
:: Brincadeiras tradicionais com O Pequeno Pajé
:: Bolhas de sabão com a Ideias & Festas
:: Foodbike chup-chup: Santo Gelinho
:: Foodbike bolos e brownies: Mirabolando
:: Foodbike sucos e saladas de frutas: Da Hora
:: Fotos: Júnia Chaves

O que será que vamos encontrar nesse parque hoje, hein, mãe?

 

Olha, perna de lata…!
E corda pra pular…!

Adulto também brinca na pracinha <3

 

Tem até jogo da velha gigante, gente

 

Tem cientista aí?

 

Concentração…!

 

Mistura isso, com isso, e mais isso…

 

Puxa, tinha poções mesmo!

 

Um verdadeiro laboratório ao ar livre!
E olha o meu vulcão, gente!

 

O Parque Estrelinha ocupado <3

 

Todo mundo brincando

 

Alô, tem alguém aí?

 

Tem sim, é o papai!

 

Sim, é para isso que existem os Encontros Na pracinha <3

 

Chegando o Pé de Moleque, com a suavidade que pede um passeio no Parque <3

 

Vem! Vamos ouvir histórias?

 

Histórias embaladas por boa música

 

Histórias que divertem

 

Histórias para reunir as famílias
É que eu amo música, gente

 

Tão bom

 

E o peixinho apareceu na história
Hora da frutinha

 

Uma leitura aos pés da jabuticabeira sempre faz bem

 

 

Víamos piqueniques por todos os lados!

 

Boas histórias!
Cuidado com o espaço que é de todos
Hora de traçar as estratégias
Hora da queimada de almofada!

 

Boa jogada!

 

Peguei!

 

Corre, que lá vem bomba!

 

Agora sou eu!

 

Seguuuura!

 

Vai, Ciça!

 

Força, Ana Flávia!

 

Sua vez, Alice!
Lá vai ela!

 

Zum-zum!

 

Sopra, amiguinha!

 

Que aconchego
Vamos fazer um móbile?
Ajuda, mãe?
Olha como ficou legal!
Acho que curtiu
Ei!

 

Chuta, rapazinho!

 

E dinossauros surgiram no meio do parque…!

 

Brincando junto é mais legal
Teve roda também!
Chegou a Trupe Arte com Alegria!

 

Ouvir histórias ao pé da árvore – tem nada melhor não, né?

 

Famílias aconchegadas no Parque

 

Toca com alegria!

 

E aí, o que aconteceu na história?

 

Uma manhã com um balaio de contos

 

E todo mundo acompanhando!

 

Que gostosura!

 

Podia ser todo dia, né?

 

 

O melhor é conectar-se com a natureza
Tinha bolinhos para todos os gostos
E suco para repor as energias
Além de chup-chup, para refrescar
Porque amamentar no Parque é amor em dobro <3
O Parque e seus desafios
Tum, tum, tum!

 

Com o pé no chão é bem melhor

 

Valeu, pessoal, pelas doações <3 Já estão todas sendo encaminhadas

 

E a gente continua passeando

Confira mais registro no álbum – clique aqui