por Maria Teresa Lamassa, odontopediatra
 

Os dentes de leite são importantes não só para a correta mastigação, mas também para o aprendizado da fala e a clara articulação das palavras.

Os dentes de leite do seu filho começarão a ser substituídos pelos dentes permanentes por volta dos cinco anos de idade.

Mas ele já tem mais de 20 dentes?

Os últimos dentes, lá do fundo, nasceram a pouco tempo e são dentes permanentes. Isto mesmo, nasceram sem que nenhum dente lá de trás tivesse caído.

São os principais dentes permanentes, que devem durar toda a vida. Merecem ser logo examinados pelo odontopediatra para verificar sua posição, formação, tipo de escova necessária para sua higienização e a indicação de selante, material que recobre o dente prevenindo o aparecimento de lesões de cárie.

Nesta fase, a criança ainda não possui habilidade suficiente para fazer uma escovação satisfatória.
Nunca deixe seu filho desacompanhado ao escovar os dentes, fique ao lado dele, incentive e dê orientações. Deixe que ele escove os dentes, mas os re-escove em seguida, mostrando a técnica correta e “caprichando “.

Você também pode servir de exemplo, escovando seus próprios dentes.

A correta e constante higienização desde os primeiros dentes do bebê é o que vai assegurar a saúde dos dentes permanentes!