Foto: Fabiana Cristina

“Quando uma forma cria beleza tem na beleza sua própria justificativa”- Oscar Niemeyer

O Conjunto Arquitetônico da Pampulha foi reconhecido Patrimônio Cultural da Humanidade. Circular pela Pampulha faz parte da nossa infância, a gente passeia por lá desde sempre, mas, muitas vezes, na correria do dia a dia, esquecemos de contemplar a belezura deste lugar, que tem um quê de cidade do interior ainda preservado.

Entre 1942 e 1944, o então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek, iniciou as obras do complexo, no intuito de tornar a cidade mais vanguardista e desenvolver as áreas mais afastadas do centro da cidade com a criação do “novo bairro”. No projeto encomedado ao arquiteto Oscar Niemeyer, havia um conjunto de edifícios em torno do lago artificial que seria criado: um Cassino, uma Igreja, uma Casa de Baile, um Clube e um Hotel. Em 1943, o Complexo Arquitetônico da Pampulha foi inaugurado, com exceção do Hotel. E o Cassino virou o MAP – Museu de Arte da Pampulha.
Passear pela Pampulha com as crianças sem pressa, curtindo a vista, os espaços culturais, as praças, os parques, o Mineirão, é uma ótima opção para os finais de semana. A gente precisa turistar pela nossa cidade, conhecer cada cantinho e contar essa história para os pequenos – eles curtem muito ;)
Inclusive, já fizemos a cobertura de alguns dos espaços que compõem o complexo arquitetônico, e de outros que ficam na região e que vale muito conhecer.

Pensando nisso, preparamos um roteirinho para incentivá-los a curtir o Complexo Arquitetônico, os espaços culturais, recreativos e as praças e parques que ficam no entorno da Lagoa da Pampulha. Permita que a Pampulha também faça parte da memória afetiva da infância do seu pequeno. Você tem um destino preferido para ir com as crianças? Conta pra gente!

Ciça e Sarinha pequetitas num dos cenários mais lindos de Beagá
Casa do Baile
Av. Otacílio Negrão de Lima, 751 – Pampulha

Entrada franca
Funcionamento: terças, quartas, sexta a domingo, das 9h às 18h, às quintas, das 9h às 21h
Informações: 31 3277-7443

Inaugurada para ser um espaço de dança popular, abrigando um restaurante e um salão de dança. Com 300 metros quadrados de área construída, a edificação está situada em uma pequena ilha artificial, às margens da Lagoa da Pampulha, ligando-se à via por ponte sinuosa, com vão de 11 metros. O paisagismo foi concebido por Burle Marx.

………………………………………………………..
Igreja São Francisco de Assis
Av. Otacílio Negrão de Lima, 3000 – Pampulha

Entrada franca
Funcionamento: visitação de segunda a sábado das 8h às 17h, domingo das 11h às 14h; às terças, missa às 20h e aos domingos, missa às 10h
Informações: 31 3277-7443

A Capela São Francisco de Assis foi inaugurada em 1959 como obra-prima do Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, foi considerada uma grande inovação arquitetônica. Seu interior abriga a Via-Sacra, composta por quatorze painéis de Cândido Portinari. Os jardins são assinados por Burle Marx e os baixos-relevos em bronze foram esculpidos por Alfredo Ceschiatti.

A Igrejinha da Pampulha fica localizada na praça Padre Dino Barbieri, que foi recentemente restaurada. A praça se tornou um espaço muito bacana para as crianças brincarem de bicicleta, patins, patinete, cola, bola e muito mais! 
Já passeamos por lá, confira a cobertura completa neste link.
………………………………………………………..

Museu de Arte da Pampulha
Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585 – Pampulha
Entrada franca
Funcionamento: momentaneamente fechado
Informações: 31 3277 7946

Projetado para ser um cassino no início da década de 1940, durante a administração do prefeito Juscelino Kubitschek, o prédio foi o primeiro projeto de Oscar Niemeyer para o Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Os jardins foram criados por Burle Marx e são um tradicional cartão posta da nossa cidade. O acervo próprio com cerca de 1.500 obras é mostrado ao público periodicamente, em exposições produzidas para espaços culturais da Capital e de outras cidades mineiras. 

………………………………………………………..



Foto: Julia Baêta


Casa Kubitschek
Av. Otacílio Negrão de Lima, 4188 – Pampulha
Entrada franca
Funcionamento: terça a domingo das 9h às 18h
Informações: 31 3277 1586

Uma “casa-museu”, com um telhado que tem a forma de asa de borboleta e planos inclinados,  projetada por Oscar Niemeyer . Jardins assinados por Burle Marx e um amplo quintal, localizada às margens da Lagoa da Pampulha – tem cenário mais convidativo para um passeio em família?
A casa de fim de semana de Juscelino Kubitschek, quando ainda era prefeito de Belo Horizonte, foi restaurada e transformada em um museu. Móveis, adornos, objetos, espaços, fotografias da época foram preservados e durante o passeio vivenciamos como era o habitar entre os anos 40 a 60.
Já passeamos por lá, confira a cobertura completa neste link.

………………………………………………………..
Museu de Arte da Pampulha
Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585 – Pampulha
Entrada franca
Funcionamento: momentaneamente fechado
Informações: 31 3277 7946

Projetado para ser um cassino no início da década de 1940, durante a administração do prefeito Juscelino Kubitschek, o prédio foi o primeiro projeto de Oscar Niemeyer para o Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Os jardins foram criados por Burle Marx e são um tradicional cartão posta da nossa cidade. O acervo próprio com cerca de 1.500 obras é mostrado ao público periodicamente, em exposições produzidas para espaços culturais da Capital e de outras cidades mineiras. 
………………………………………………………..

Foto: Patrícia de Sá
Outros espaços próximos para brincar 

Praça da Pampulha (Praça de Esportes)
Av. Fleming, s/n – Pampulha

Uma grande esplanada para a prática de esportes com uma vista linda para a lagoa da Pampulha. Recentemente, ganhou brinquedos para tornar o passeio ainda mais atrativo. O que tem de bom por lá:
dá para soltar pipa, brincar de baldinho de areia, correr e se jogar nos brinquedos, além de uma ciclovia para se aventurar na bike com a criançada. 


[Veja o post do nosso passeio por lá neste link]

Mineirão* 
Av. Coronel Oscar Paschoal, s/n, Portão G2 – Pampulha

Funcionamento: (Museu) terça à sexta, de 9h às 17h; sábados e domingos, de 9h às 13h | (Esplanada) diariamente, das 7h às 21h – exceto dia de jogos e eventos
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) para visita ao Estádio e ao Museu; para curtir a esplanada, a entrada é franca
Informações: 31 3499 4300

Uma Esplanada para andar de bicicleta, patins, patinete. Diversão garantida! Um estádio com história, e agora, podemos saber um pouco mais sobre a história do esporte em nosso estado com o Museu Brasileiro do Futebol.

[Veja o post do nosso passeio por lá neste link

* No período de 22/07 a 22/08 o Mineirão estará fechado por conta das Olimpíadas.

Parque Ecológico da Pampulha
Av.Otacilio Negrão de Lima – Pampulha
 Funcionamento: sexta a domingo, 8h às 18h
Entrada franca

Um parque enorme, muita área verde para explorar e brincar. O que tem de bom por lá: espaço para brincar, área verde e muita sombra
[Veja o post do nosso passeio por lá neste link]

Vamos brincar na Pampulha :)