Foto: Patrícia de Sá

 

Ei Pessoal!
Vamos continuar a cantar e brincar com as lindas canções e brincadeiras musicais que selecionamos para vocês? A seleção de hoje inclui o convite para que apresentem para as crianças a primeira gravação da música “A velha a fiar”, feita em 1957 pelo Trio Irakitan – disponível em https://www.youtube.com/watch?v=hGbKr9zz_mM <3
Vale a pena brincar junto e compartilhar com as crianças que algumas dessas brincadeiras e canções fizeram parte da nossa infância e até mesmo da infância do vovô e da vovó! E as que são “novidades” para a família podem ser aprendidas com o auxílio de alguns materiais muito legais de artistas, educadores musicais que fizeram o registro desse repertório. Seguem algumas das nossas dicas:
– Desafios Musicais (Ana Tatit / Maristela Loureiro – Ed. Melhoramentos)-  o livro vem com CD e DVD ensinando a fazer as brincadeiras!
–  Brasil for Children : 30 canções brasileiras para brincar e dançar (Francisco Marques/Estêvão Marques/Marina Pitier/ Fê Stok)- o livro é bilíngue, tem ilustrações super legais feitas com pedacinhos de papel colorido (e no final nos ensina a fazer!) e alguns arranjos muito inusitados para algumas canções!
– Pandalelê (Eugênio Tadeu/ Miguel Queiroz- Selo Palavra Cantada)- o CD traz uma seleção de  brincadeiras musicais  e no encarte a descrição de como se brinca!
Então agora é só cantar e brincar!


:: 
Sambalelê (canção tradicional infantil)

“Samba Lelê tá doente
Tá com a cabeça quebrada
Samba Lelê precisava
De umas dezoito lambada
Samba, samba, Samba ô Lelê
Pisa na barra da saia ô Lalá (BIS)
Ó Morena bonita,
Como é que namora ?
Põe o lencinho no bolso
Deixa a pontinha de fora
Ó Morena bonita
Como é que se casa
Põe o véu na cabeça
Depois dá o fora de casa
Ó Morena bonita
Como é que cozinha
Bota a panela no fogo
Vai conversar com a vizinha
Ó Morena bonita
Onde é que você mora
Moro na Praia Formosa
Digo adeus e vou embora”
:: Ua Tatá e Aram Sam Sam (brincadeira musical)
Ua tatá, Ua tatá,
Guli,guli,guli,guli
Ua tatá (bis)
Auê, auê
Guli, guli,guli,guli
Ua tatá (bis)
Aram,sam,sam
Aram,sam,sam
Guli,guli,guli,guli
Aram,sam,sa, (bis)
Aravi,aravi
Guli,guli,guli,guli
Aram,sam,sam (bis)
:: Cadê o toucinho que estava aqui? (parlenda)

“Cadê o toucinho que estava aqui?
O Gato comeu.
Cadê o gato?
Foi pro mato.
Cadê o mato?
O fogo queimou.
Cadê o fogo?
A água apagou?
Cadê a água?
O boi bebeu.
Cadê o boi?
Foi amassar trigo.
Cadê o trigo?
A galinha espalhou.
Cadê a galinha?
Foi botar ovo.
Cadê o ovo?
O padre comeu.
Cadê o padre?
Foi rezar a missa.
Cadê a missa?
Acabou!”
::  Pai Francisco (canção tradicional infantil)
“Pai Francisco entrou na roda
Tocando seu violão
Balalan ban ban ban ban balalan ban ban
Vem de lá seu delegado
E Pai Francisco foi pra prisão
Como ele vem todo requebrado
Parece um boneco desengonçado.”
:: Fui visitar minha tia em Marrocos ou IP OP (brincadeira musical)

Fui visitar minha tia em Marrocos, ip op
Fui visitar minha tia em Marrocos, ip op
Fui visitar minha tia, fui visitar minha tia
Fui visitar minha tia em Marrocos, ip op

No caminho eu encontrei um cavalo, pocotó
No caminho eu encontrei um cavalo, pocotó
No caminho eu encontrei ,no caminho eu encontrei,
No caminho eu encontrei um cavalo, pocotó

Ip au,au,au,ip au,ip op
Ip au,au,au,ip au,ip op
Ip au,au,au,ip au,au,au
Ip au,au,au,ip au
Ip op, pocotó

No caminho eu dancei uma balada, chá chá chá
No caminho eu dancei uma balada, chá chá chá
No caminho eu dancei ,no caminho eu dancei,
No caminho eu dancei uma balada, chá chá chá

Ip au,au,au,ip au,lip op
Ip au,au,au,ip au,lip op
Ip au,au,au,ip au,au,au
Ip au,au,au,ip au
Ip op, pocotó, chá chá chá

No caminho eu encontrei os Beatles, ah
No caminho eu encontrei os Beatles, ah
No caminho eu encontrei,no caminho eu encontrei
No caminho eu encontrei os Beatles ,ah

Ip au,au,au,ip au,ip op
Ip au,au,au,ip au,ip op
Ip au,au,au,ip au,au,au
Ip au,au,au,ip au
Ip op, pocotó, chá chá chá, ah

No caminho eu nadei num rio,thibum
No caminho eu nadei num rio,tchibum
no caminho eu nadei, no caminho eu nadei,
no caminho eu nadei num rio, tchibum

Ip au,au,au,ip au,ip op
Ip au,au,au,ip au,ip op
Ip au,au,au,ip au,au,au
Ip au,au,au,ip au
Ip op, pocotó, chá chá chá, ah, chibum.

Ph: Patrícia de Sá

:: Peixe-vivo (canção tradicional incorporada ao universo infantil)

“Como pode o peixe vivo
Viver fora da água fria
Como pode o peixe vivo
Viver fora da água fria
Como poderei viver
Como poderei viver
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia
Os pastores desta aldeia
Já me fazem zombaria
Os pastores desta aldeia
Já me fazem zombaria
Por me verem assim chorando
Por me verem assim chorando
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia”
:: Os escravos de Jó (brincadeira musical)
“Escravos de Jó
Jogavam caxangá
Tira, põe
Deixa ficar
Guerreiros com guerreiros
Fazem zigue-zigue-zá
Guerreiros com guerreiros
Fazem zigue-zigue-zá”
:: Hoje é domingo (parlenda)
“Hoje é domingo
Pede cachimbo
O cachimbo é de barro
Bate no jarro
O jarro é ouro
Bate no touro
O touro é valente
Machuca a gente
A gente é fraco
Cai no buraco
O buraco é fundo
Acabou-se o mundo”
:: Cai cai, balão (canção tradicional infantil)
“Cai cai balão, cai cai balão
Aqui na minha mão
Não Cai não, não cai não, não cai não
Cai na rua do Sabão
Cai cai balão, cai cai balão
Aqui na minha mão
Não vou lá, não vou lá, não vou lá
Tenho medo de apanhar!”
:: A velha a fiar
“Estava a velha no seu lugar, veio a mosca lhe fazer mal.
A mosca na velha e a velha a fiar.
Estava a mosca no seu lugar, veio a aranha lhe fazer mal.
A aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava a aranha no seu lugar, veio o rato lhe fazer mal.
O rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava o rato no seu lugar, veio o gato lhe fazer mal.
O gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava o gato no seu lugar, veio o cachorro lhe fazer mal.
O cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava o cachorro no seu lugar, veio o pau lhe fazer mal.
O pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava o pau no seu lugar, veio o fogo lhe fazer mal.
O fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava o fogo no seu lugar, veio a água lhe fazer mal.
A água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava a água no seu lugar, veio o boi lhe fazer mal.
O boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava o boi no seu lugar, veio o homem lhe fazer mal.
O homem no boi, o boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava o homem no seu lugar, veio a mulher lhe fazer mal.
A mulher no homem, o homem no boi, o boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.
Estava a mulher no seu lugar, veio a morte lhe fazer mal.
A morte na mulher, a mulher no homem, o homem no boi, o boi na água, a água no fogo, o fogo no pau, o pau no cachorro, o cachorro no gato, o gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca na velha e a velha a fiar.”