por Laura Rangel, nutricionista

A partir de dois anos de idade, a criança pode recusar certos tipos de alimentos, principalmente alimentos “verdes”. O que fazer? Veja algumas dicas para contornar a situação e auxiliar no processo de incentivar o consumo de novos alimentos:

1 – Paciência e persistência: lembre-se que é uma fase, como tantas outras. Evite se estressar, ficar ansiosa ou desistir. Com o tempo, a fase vai passar e os bons hábitos estarão instituídos.

2 – Observe se a recusa é de um grupo de alimentos ou alguns alimentos: seu filho evita todos os verdes ou apenas o brócolis e alface? É normal a não aceitação de alguns alimentos, então se você já ofereceu muitas vezes e ele não aceitou pode ser que realmente não goste de alguns alimentos (mesmo assim, não deixe de consumi-los ou oferecer).

3 – Ofereça mesmo que não aceite, mas não force a aceitação: colque sempre no prato os alimentos verdes, separadamente, visíveis. Não adianta esconder, pois assim, perde-se a confiança. Pode-se até inserir os verdes “mascarados” em outras preparações (bolinho de couve, batido no feijão etc), mas mesmo assim, ofereça no pratinho. Nesse momento, é super importante o exemplo: você também deve colocar no seu prato, comer com satisfação e repetir! Só evite forçar demais o momento.

4 – Não substitua o saudável por outros: mantenha essa linha. Nunca troque os verdes por outros alimentos para compensar a falta (batata frita, lanches, iogurte etc), pois assim a batalha estará perdida. Mantenha a alimentação saudável da família.

5 – Varie sempre: essa dica serve para todos. A cada dia, mude os verdes e a forma de oferecer: o tipo de corte (picadinho, raladinho, rasgadinho, mais inteiro, amassado, cru, refogado, assado com peixes e carnes etc). Temos uma infinidade de vegetais para oferecer: couve, espinafre, brócolis, alface (de vários tipos), couve de bruxelas, pepino, agrião, acelga, taioba etc.

6 – Observe se o lanche anterior à refeição não está sendo demais: nesse caso, a criança chega no almoço/jantar sem muito apetite e provavelmente só irá comer o mais atrativo para ela. Evite também oferecer sucos ou frutas logo antes: eles também tiram o apetite.

7 – Coloque o que é aceito: se seu filho, nesta fase, aceita outros legumes (cenoura, batata, chuchu entre outros) sempre coloque-os na refeição (um ou dois) em boa quantidade. Isso vai compensar as vitaminas e minerais. E também as frutas nos lanches.

E sempre: persistência é o segredo!