Na ensolarada manhã do último domingo, fomos curtir o dia ao ar livre, em um parque novo, com mata nativa, muita sombra, cascatinha e 12 pracinhas a serem exploradas, o Julien Rien, no bairro Anchieta.Por todos os lados, muito verde e famílias felizes. Tinha criança juntando gravetos para transformar em brinquedos. Pezinhos molhados para refrescar na cascatinha. Peteca, bola e corda em família. Tinha muito brincar livre junto à natureza <3Os pequenos demonstraram todo seu talento e criatividade com as oficinas artísticas. Com o Colégio Arnaldo, a criançada se transformou em pintores e expuseram as obras de arte decorando o parque. Cada pintura mais bacana que a outra!

A Oficina Brincar apresentou para as famílias a possibilidade de criarmos quadrinhos usando materiais que todos nós temos em casa: papelão e retalhos de tecido. Muita gente voltou para casa com um novo enfeite para decorar o quarto feito a quatro mãos, seja com a mamãe, o papai, a vovó ou o amiguinho especial.

Combinando farinha e água, as crianças criaram massinhas caseiras com a Cirandar. E a partir da forma base, surgiram novos bonecos, animais e objetos. E ainda aprenderam a receitinha para replicar em casa.

As famílias também plantaram sementes de girassol na oficina de jardinagem com a Trakinagem, e durante a primavera vão presenciar a flor germinar, nascendo para brilhar!

Teve Festa na Lagoa, pertinho da cascatinha. O nosso amigo Diego, o músico pai, afinou os instrumentos e colocou a meninada para tocar, cantar e dançar. Foi uma lindeza!

Ah, e as histórias! As famílias embarcaram em um trem, com direito a vários maquinistas, para curtir uma viagem pelos trilhos de Minas na companhia das contadores de história Ana Raquel e Flávia Baltazar – estreantes Na pracinha e que conquistaram o público. Todo mundo chegou de viagem e foi brincar de morar em livro, ouvindo novas histórias encantadoras com a nossa querida amiga Alessandra Visentin. Todo mundo amou, afinal, foram vários os pedidos de “bis”.

Em uma das 12 pracinhas do Parque, um espaço pra lá de aconchegante, as famílias descansaram em uma área de piquenique especialmente montada pela Brincar lá fora, que também deu aquela colorida tradicional do Encontro Na pracinha <3

E as comidinhas, gente? Tinha chup chup da Santo Gelinho, os sucos geladinhos da Magaly, as delícias da Mirabolando e os sandubas da Sublime. Com uma combinação dessas, foi possível turbinar a cesta de piquenique para repor a energia extravasada nas brincadeiras.

A gente adora escrever esses posts de cobertura para reviver um pouquinho de mais um dia agradável voltado para o brincar, a família e a nossa cidade. Essa edição foi super especial, afinal, ainda tivemos muitas doações de brinquedos das famílias para a nossa campanha solidária em conjunto com a Vó Dolores – obrigada, pessoal! Que venha o próximo, já estamos ansiosas!

Os registros bacanérrimos foram feitos pela querida Luciane Guirlanda!

Quem fez o 27º Encontro Na pracinha com a gente:
:: “Viagem pelos trilhos de Minas”- Ana Raquel e Flávia Baltazar
:: “Brincar de morar em livro” – Alessandra Visentin
:: Oficina de Pintura – Colégio Arnaldo
:: Oficina de Quadrinhos – Oficina Brincar
:: Oficina de Jardinagem – Trakinagem
:: Oficina de Massinha caseira – Cirandar
:: Oficina de musicalização “Festa na Lagoa” – Músico Pai
:: Cenografia: Brincar lá fora
:: Foodbikes: Foodbikes: Magaly, Santo GelinhoMirabolando e Sublime
:: Cobertura fotográfica: Luciane Guirlanda
:: Campanha solidária: Vó Dolores

É por aqui pessoal! Algumas escadas e muito verde <3

 

Desconecte-se e conecte-se com a natureza!

 

Vá de encontro à natureza
A marca registrada do Na pracinha pela Brincar lá fora estava por todos os lados

 

Convite feito

 

Um cantinho de piquenique super agradável para curtir em família

 

 

Para brincar lá fora!

 

Atenção! Esse trem de história já vai partiiiir!

 

A maquinista está à espera de todos, né Ana Raquel?

 

Todo mundo junto…

 

…e misturado!

 

Ana Raquel e Flávia Baltazar arrasaram na cenografia e no figurino, gente!

 

Tudo tão encantador quanto a história

 

Hora do abraço, sempre!

 

Os artistas mirins exercitaram a criatividade na oficina de pintura do Colégio Arnaldo

 

Muitas cores para criar

 

Concentração!

 

Força!

 

E aquela ajudinha do papai, né?

 

Que capricho <3
Farinha + água vira uma farofinha
Amassa, amassa!

 

Fábrica de massinha a todo vapor!
Que se transforma na imaginação das crianças
E se sujar? Faz parte, né?

 

Encantada com seu novo brinquedo
E o que seria aquela cantoria? É o músico pai, Diego, estreiando Na pracinha

 

Vai ter festa na Lagoa!

 

Pescou, Raul?

 

É muita fofura!

 

Espia o jacaré!

 

Colinho de mãe pra cantar junto

 

Todo mundo com seu chocalho!
Hora de criar um quadrinho!

 

Capricha aí, Gabi!

 

Ficou fofo!

 

Elementos não estruturados para fazer arte <3

 

<3
Oficina de jardinagem para dar as boas vindas à estação mais linda do ano
E vai ter muito Girassol florescendo por aí
Primeiro a terra…

 

…depois a semente

 

E os ajustes finais para ficar ainda mais legal!
Concentração! Vai começar a história!

 

Ó ela aí, a Alessandra Visentin!

 

Quem quer morar em um livro?

 

A gente!

 

Pracinha cheia <3
E tinha delícias da Mirabolando para repor a energia

 

E chup chup geladinho da Santo Gelinho para um refresco

 

Sandubas com pão de cenoura e beterraba da Sublime para turbinar a garotada

 

E os sucos super naturais da Magaly – nhamy!
E teve bike pelo parque
Brincar livre

E peteca em família!


Afinal, se sujar faz bem

 

Um montão de famílias contribuiu com a nossa campanha em conjunto com a Vó Dolores
É de emocionar ver o parque cheio!


Nada melhor do que brincar de explorador, né?

 

Teve gente garantindo a cota de elementos não estruturados para criar brincadeiras
Bora curtir em família o próximo Encontro?

 

Brincar lá fora para os bem miudinhos faz muito bem
Esperamos vocês Na pracinha
Confira todas as fotos {aqui}