Concentração na leitura :)

Recentemente, contamos aqui nesta pracinha sobre a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, que fica na Praça da Liberdade, e seu acervo dedicado às crianças. A Thaís Alencar fez um passeio muito legal e contou pra gente como foi neste post AQUI.

Mas hoje, a gente vem contar para vocês sobre outra Biblioteca pública super especial para as crianças, a Biblioteca Infantil e Juvenil – BPIJ. Ela ficava no bairro Santo Antônio e no início deste ano, a Flávia fez um post completinho sobre ela aqui. Mas a Biblioteca está de cara e endereço novos, desde agosto. E a gente mostra para vocês como vale programar um passeio por lá :)A BPIJ, por uma iniciativa da Prefeitura de BH e do Governo de Minas Gerais, está agora localizada em um grande prédio do Centro de Referência da Juventude – CRJ, grudadinha na Praça da Estação, ao lado do Museu de Artes e Ofícios. Com localização mais central e acessível para um maior número de pessoas, a Biblioteca se renova para oferecer à cidade, de maneira ampliada, empréstimo de livros e gibis, jornais para leitura local, acesso à internet, oficinas literárias, rodas e clubes de leitura, narrações de histórias, saraus, encontros com escritores, debates e tudo que estiver relacionado à promoção da infância e juventude.

Passeamos por lá num sábado e foi surpreendente. Com uma estrutura novinha e bem cuidada, encontramos títulos que despertaram a curiosidade da Sara, tão curiosa em descobrir as palavrinhas ultimamente. Já o Raul, curtiu muito as ilustrações, um rico estímulo visual para o pequeno.

O espaço é muito amplo e conta com estrutura completa, em conjunto com o CRJ: além do grande acervo, há também uma fantástica arena, salas de oficina, auditório e até sala com revestimento acústico para grupos de dança e teatro.

A Biblioteca recebe também exposições temporárias. Pudemos apreciar, em nosso passeio, lindas esculturas em madeira do artista plástico Fernando Carvalho, que impressionaram os pequenos.

Participamos de uma visita guiada com o simpático Samuel Medina, o hospitaleiro diretor. Na ampla arena, curtimos a contação de histórias com o grupo de contadores da Biblioteca, culminando numa divertida ciranda de roda.

Muitas vezes, subestimamos a função das bibliotecas. Elas são um ótimo local para estudo, pesquisas, e para passeios. As bibliotecas de Beagá têm intensa programação infantil. Um programaço cultural, interessante e gratuito!

A Biblioteca Infantil e Juvenil conta com uma programação permanente, anote aí:

Era uma vez
Leitura e narração de histórias da literatura e tradição oral, com o grupo de contadores de histórias da Biblioteca, para o público infantil
Quando: toda última sexta-feira do mês, às 10h30

Roda de Leitura
Encontro para estudos sobre leitura e literatura infantil e juvenil, bem como prática de leitura em voz alta.
Quando: toda última quarta-feira do mês, às 9h30
___________________________

Como fazer a carteirinha:
Apresente o documento de identidade e o comprovante de residência. Menores de 12 anos precisam da autorização dos pais ou responsáveis.  A carteirinha é válida para quase todas as bibliotecas públicas da cidade e você pode buscá-la em torno de 15 dias (a Biblioteca Luiz de Bessa, da Praça da Liberdade, não faz parte deste circuito de empréstimos).
Como pegar um livro:
Você escolhe 3 livros e 3 gibis e leva para casa. Tem 15 dias para ler e devolver no tempo combinado ;) Alguns livros já estão cadastrados em um sistema unificado e podem ser devolvidos em outras bibliotecas.
Obras do artista plástico Fernando Carvalho, no hall de entrada

 

Coisa boa é ver a biblioteca cheia de pequenos leitores :)

 

São mais de 25 mil títulos
O espaço é um aconchego só

 

Na Biblioteca, é possível agendar visitas guiadas – meninada curiosa e atenta :)

Tem Gibiteca por lá :)

A linda Arena faz parte do Centro de Referência da Juventude, prédio onde se encontra a Biblioteca
No piso da Arena, as crianças se divertem sobre os adesivos com imagens aéreas da cidade

Onde estou aqui?

 

Curtimos uma contação de histórias super legal :)

 

Bom mesmo é ler e ouvir histórias – contos narrados pelo grupo de contadores de histórias da Biblioteca

Com direito a ciranda de roda no final :)

 

O Centro de Referência da Juventude também conta com um amplo auditório

 

Explorando o mundo da leitura com o papai <3

 

Tem cada título legal :)

 

Tem menina iniciando no mundo da alfabetização curiosa pra saber o fim da história :) Vamos programar um passeio?

 

“Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever – inclusive a sua própria história.”
 
Bill Gates

 



O que tem de bom por lá:
:: acervo
:: programação cultural
:: estrutura completa