Foto: Patrícia de Sá

Olívia completou 2 aninhos. Este ano, eu fiz uma festinha no quintal para as duas filhotas juntas, mas, antes disto, para a data não passar em branco, resolvemos juntar a família e os amigos mais próximos para uma manhã de piquenique e brincadeiras no parque. A intenção era curtir a manhã sem pressa, batendo papo, brincando livremente e comendo gostosuras, claro.

Sempre que possível, é ao ar livre que comemoro o aniversário das minhas pequenas. E uma das nossas manhãs mais memoráveis em família foi no dia do piquenique de 2 anos da Cecília, a filhota mais velha {espia aqui}

A minha ideia era resgatar a simplicidade deste tipo de comemoração, então contei com mãos amigas e muito carinho. Para decorar, usei elementos que eu já tinha em casa: cestas de piquenique, bandeirolas, tags variados, elementos decorativos bem mineiros, como as flores em tecido e a leiteira esmaltada. E assim, com toalha xadrez estendida no chão, docinhos, bolo, suco geladinho e comidinhas trazidas pelos convidados com muito afeto, a gente celebrou mais um aninho de vida da pequetita.

E para brincar? O ambiente natural, ao ar livre, já diverte por si só, mas brincamos muito de corda, elástico, corre cutia, batata quente, pega pega, esconde esconde e bicicleta.

Um piquenique coletivo, em que todo mundo colabora, participa e contribui, também pode ser uma ótima oportunidade para celebrar a vida. Não precisa do tema do momento, nem de comidinhas muito elaboradas. A simplicidade pode ser muito agradável.

Animou? Então, tome nota do que não pode faltar no piquenique:

Como reservar o espaço?
: Escolha o parque de sua preferência. Fique atento à acessibilidade, ao conforto – área para os convidados sentarem e com sombra (visite o parque no dia e horário em que for fazer a festinha para avaliar sobre movimento e áreas de sombra).
Temos várias opções legais espalhadas pela cidade, sempre orientamos os leitores que visitem cada uma para fazer a sua escolha – de quebra, irão conhecer vários espaços ao ar livre e brincar muito!  {Conheça todos os parques e praças que já visitamos clicando neste link}

: Entre em contato com o gerente do parque escolhido (a lista de parques da capital está aqui), após a reserva, você receberá um email da Divisão de Eventos da Fundação de Parques (eventosfpm@pbh.gov.br), para informar os detalhes e solicitar a autorização. É necessário avaliar se o seu evento é condizente com a capacidade do parque. Atualmente, tem sido cobrada uma taxa de, em média, R$ 150,00 para realização do evento.


:: Fique atento às regras dos parques:

– não usar balões plásticos
– não utilizar redes, balanços e cordas para escaladas em árvores
– não servir bebidas alcoólicas
– se responsabilizar pela limpeza após o evento
– utilizar estrutura simples de piquenique: 1 mesa de 1,60m de comprimento e até 6 cadeiras
– não é permitido pula-pula, cama elástica e piscina de bolinhas
– não é permitido uso de painéis grandes ou personagens infantis
– a entrada de animais depende de cada parque
– as gerências não garantem a reserva do espaço que você definiu, uma vez que são locais públicos


O que é importante no planejamento?

1. Avalie a estrutura e lembre-se que o espaço é público:: escolha um horário que seja mais confortável para as crianças, sempre preferimos pela manhã ou no final da tarde.:: os aniversários não podem atrapalhar a visitação normal e circulação do público no parque, por isso sugere-se que a estrutura seja pequena. E nada melhor do que praticar a gentileza! É muito importante incluir os visitantes na programação, veja aqui algumas dicas.

:: As atividades realizadas durante a festa devem ser abertas a todas as crianças que estiverem no parque, não havendo restrição de espaço para os participantes do aniversário. Pense sempre em atividades criativas – oficinas, leituras ao pé da árvore, brincadeiras. Cabe ao anfitrião ser sempre simpático, seja com convidados ou com visitantes;
:: a festa é ao ar livre, a decoração não deve interferir no espaço. É interessante que a temática também seja condizente com o local, assim como o mobiliário;
:: balões não combinam com parque, são poluentes;
:: não se esqueça de pensar em lixeiras extras e recolher todos os detritos no final;
:: se o parque possuir animais, não é permitido alimentá-los por lá;
:: vale organizar o banheiro e levar suprimentos extras como papel higiênico, toalhas de papel e sabonete líquido. Mesmo sendo um banheiro público, como você está comemorando por lá, sugerimos sempre dar um checada durante o andamento da festa.

:: acompanhe a previsão do tempo, pois tudo pode mudar e pense em um plano B.

:: sugira aos convidados que levem toalhas para se acomodarem no gramado;
::  não se esqueça do filtro solar e do repelente.
2. Defina o cardápio

Priorize alimentos que possam ser manuseados, que não corram risco de azedar ou derreter com o tempo. Não se esqueça de providenciar embalagens térmicas para as bebidas – nesta edição, coloquei em um balde e enchi de gelo, durou toda a manhã bem geladinho.

…………………………..

E então, vamos comemorar lá fora?
Pra te inspirar, alguns registros da querida Patrícia de Sá do nosso pequeno piquenique.

 

Simples e com muito afeto

 

É claro que as frutinhas não podiam faltar!

 

Decoração com elementos de casa

 

Panquecas, pães de queijo, bolo caseiro – nhamy!

 

Sanduichinhos feitos com muito carinho

Comida afetiva <3

 

Muitas camadas de gostosura da Raining Sugar- butter cream, massa branca e doce de leite

 

Cupcakes  e mousse de limão da Raining Sugar – afinal, formiguinhas são permitidas nas festinhas

 

Bolo de cenoura da Mirabolando para todas as idades

 

Pra refrescar, suco da Magaly de laranja com morango e maracujá com manga

Natural <3

 

Quem não curte brincar de corda!

 

Vitamina D na brincadeira!
Cabo de guerra!
Também teve elástico para todas as idades
Corre cutia de noite e dia….

 

Detalhes do  natural
Bola, bolinha e bolona….

 

O ambiente natural e seus estímulos

 

Foi um dia iluminado!

Ficha técnica:
Suco Natural –  Magaly
Bolo de Cenoura – Mirabolando
Cucpake, Mousse de Limão e Bolo de Cenoura – Raining Sugar
Fotos – Patrícia de Sá