Estamos em ritmo de férias (pelo menos escolares) e muitas famílias decidem viajar, mas sempre têm dúvidas da melhor alimentação para oferecer nesse momento.

As viagens de carros possibilitam levar a alimentação e também o consumo nos restaurantes da estrada. Ao ir de avião, nem sempre é possível levar. O importante é oferecer, durante a viagem, uma alimentação para manter a nutrição e também evitar possíveis contaminações que podem se transformar em um grande problema.

Se o escolhido for consumir em restaurantes e lanchonetes, observe bem a higiene do local (balcão refrigerados ou aquecidos, tempo que os alimentos estão expostos, condições do banheiro, lixeiras cheias demais, uniforme dos atendentes, se utilizam toucas, não manipulam dinheiro etc). E mesmo assim, existem alimentos que são mais propensos a sofrer contaminações: os ricos em carnes (presunto, carnes, molho de carne, salsicha, peixes, frango desfiado), os muito manipulados (salpicão, coxinha, doces elaborados, saladas elaboradas) e os muito perecíveis (suco de laranja, iogurtes, saladas, água de coco natural, salada de frutas, peixes, ente outros).

Na dúvida, prefira alimentos seguros e apenas um lanche em detrimento de refeições mais elaboradas: prefira sempre aqueles feitos na hora. Evite sucos naturais e saladas. Tudo dependerá também da higiene e confiança do local.

Uma das opções que os pais têm, é levar de casa lanches mais nutritivos, mas que também tenham menor chance de contaminação, por isso é bom evitar:

– carnes e produtos cárneos (frango desfiado, carnes prontas etc);
– embutidos (salame, presunto, salsicha etc);
– peixes e alimentos marinhos;
– vegetais folhosos;
– molhos (mesmo industrializados);
– ovos e alimentos que contêm ovos em excesso ou crus (tortas doces, por exemplo);
– queijos frescos;
– patês;
– sucos de frutas (principalmente os mais perecíveis como laranjada) e água de coco natural.

Então, o que levar?

Para beber:
– chás
– sucos concentrados (que misturam água no momento do consumo)
– água
– leite em pó

Para lanche:
– pão de queijo;
– pãozinho de leite com queijo mussarela e requeijão e ervilhas;
– torta de liquidificador de milho;
– pão de sal com queijo prato e requeijão e cenoura ralada;
– frutas com casca e inteiras;
– frutas secas;
– barrinha de cereal caseira;
– pão de batata com queijo e azeite.

Refeições são somente indicadas se a viagem for pequena e devem ser muito bem acondicionadas, ou seja, sempre podem trazer algum risco.

É recomendado também que os lanches estejam acondicionados: líquidos preparados na hora do consumo ou em garrafas térmicas. As comidinhas devem, se possível, permanecer em bolsas térmicas.

E deixe sempre à vista garrafinhas de água.

Boa férias! Boa viagem!