Foto: Tanto Mar Fotografia
Foto: Tanto Mar Fotografia

Que tal reunir a família para contar histórias? Histórias de Vô e Vó, histórias folclóricas, histórias inventadas, enfim histórias que nos possibilitem junto com a criançada reinventar, criar e imaginar. `Bora reunir a turma?

A atividade de contar histórias pode ser vivenciada como uma brincadeira coletiva que incentiva e estimula a imaginação, leitura e ampliação do repertório cultural das crianças e dos adultos. Essa atividade pode ser desenvolvida em casa, durante um piquenique na praça, antes de dormir, enfim é muito importante que essa atividade seja ampliada para o contexto familiar da criança, visto que a contação de história, junto a um ambiente agradável e divertido possibilita grandes oportunidades de desenvolvimento da imaginação infantil.

Contar histórias é uma atividade simples que promove muitos benefícios à saúde dos pequetitos e também dos adultos. Além de ser uma das atividades mais antigas do ser humano. Quando nos reunimos para contar histórias temos uma oportunidade para construção de nossa identidade que é social, cultural, junto do cotidiano experienciado pelas crianças.

Na atualidade sabemos que as tecnologias são muito presentes na vida das crianças e na vida dos adultos. A tecnologia traz vários benefícios em termos de acesso à informação, todavia não pode substituir a convivência familiar e o compartilhar informações, vivências conjuntas.

Por meio das histórias compartilhadas em grupos de famílias e amigos, podemos juntos descobrir questões da convivência, vivenciar a resolução de conflitos por meio da imersão na vida dos personagens, ressignificar questões nossas a partir da história, dentre outros benefícios que ouvir e contar histórias traz. Sem contar que a literatura é um poderoso instrumento na vida das crianças e traz grandes contribuições para o desenvolvimento da criatividade e emocional.

Enfim, escutar histórias é o início para se tornar um leitor, um inventor, um criador. Bora reunir a turminha para ouvir uma história? Boa leitura, boa contação e muita imaginação!