Com a correria do dia a dia o brincar pode se tornar algo automático, ou até mesmo entrar na “agenda” da criança, mas sem que as brincadeiras tenham sentido. E vocês, pais, tios, avôs, enfim, família? Como está o tempo do brincar com as crianças que vocês convivem?

O brincar além de trazer uma leveza para o cotidiano da criançada e da família, tem uma série de benefícios, que nomearemos neste textinho. O primeiro é a promoção do desenvolvimento integral da criança. As brincadeiras estimulam diferentes aspectos do desenvolvimento da criança, como a parte cognitiva, emocional, física, além de auxiliar a criança no aperfeiçoamento da linguagem, no âmbito da comunicação verbal e não verbal.

As brincadeiras também geram resiliência, já que a criança precisa aprender a conviver junto ao grupo, a crianças que tem outras ideias, e lidar também com os sentimentos de perda e frustração, e isso contribui para que ela se autoconheça respeite as normas das brincadeiras e crie a partir de situações não tão favoráveis.

Além disso, brincar melhora a atenção e a concentração da criançada, auxilia no desenvolvimento da criatividade e conduz a momentos de felicidade e compartilhamento. E você já chamou a criançada para brincar lá fora hoje?

Não perca tempo e recheie a semana dos seus filhos e das crianças que convivem com vocês de brincadeiras legais! Assim, você contribuirá de maneira efetiva para o desenvolvimento e crescimento com qualidade de vida para a criançada. Vamos lá! Vai brincar lá fora!