Foto: Patrícia de Sá

“Quando as crianças brincam
E eu as oiço brincar,
Qualquer coisa em minha alma
Começa a se alegrar.
E toda aquela infância
Que não tive me vem,
Numa onda de alegria
Que não foi de ninguém.
Se quem fui é enigma,
E quem serei é visão,
Quem sou ao menos sinta
isto no coração.”
Fernando Pessoa

Crescemos brincando lá fora. Muitas das lembranças mais felizes de nossas infâncias tiveram como cenário os espaços públicos, o ambiente natural. Memórias afetivas que motivaram a criação do Na pracinha. Quando nossos filhos nasceram nos reconectamos às crianças que fomos. Descobrimos novos caminhos, com vivências significativas, que moldaram a nossa maternidade. Reconhecemos uma nova Belo Horizonte, a cidade onde a gente mora, nos reconectamos com a natureza e desenvolvemos um novo olhar sobre o brincar e a sua importância para toda a vida. As nossas práticas cotidianas incentivaram um desejo em contar para mais pessoas sobre como tudo aquilo era importante e simples.

Foi então que decidimos dividir nossos anseios no mundo virtual. Saímos por aí avaliando praças e parques da cidade e compartilhando nossas impressões no então blog Na pracinha. Outros pais se identificaram com nossa proposta e, quando percebemos, lá estávamos nós, realizando encontros brincantes pela cidade afora.

Em março, comemoramos 6 anos brincando lá fora, 4 crianças que são a razão de ser do projeto, mais de 60 eventos gratuitos que circularam por 30 espaços diferentes da cidade, mais de 80 coberturas de passeios indicados, um livro, uma árvore, 53 mil seguidores nas redes sociais. Um projeto que começou de forma despretensiosa, se transformou em movimento e mudou as nossas vidas. O Na pracinha tornou-se um espaço para pensarmos a infância e os nossos papéis enquanto mães/pais/cuidadores.  Permitir uma infância plena deve ser o propósito de todos nós.

A cada família que passeia conosco, que apoiou e comprou o nosso livro, que nos segue nas redes sociais ou está sempre conferindo o conteúdo da plataforma, obrigada. Deixamos o convite para continuarem passeando sempre. Ainda há muitos novos lugares para conhecer e explorar. Vamos brincar lá fora!

Flávia & Miriam