De repente, seu filho começa a ter rompantes de raiva e frustração profunda com frequência. Se atira no chão, esperneia, bate, chora compulsivamente. E você se sente perdida(o) em meio ao caos que se instala ou como conduzir a situação diante da plateia que assiste a cena. Como agir em relação a essa atitude da criança? Antes de puni-la ou rotulá-la como problemática, manipuladora ou teimosa, é necessário compreender o que acontece por trás desse comportamento. 

A birra é uma forma menos elaborada de comunicação da criança com o mundo. Para criarmos uma relação de respeito, empatia e conexão é fundamental desmistificarmos a birra, descontruindo a imagem equivocada de que essa forma de agir é um problema ou sempre atitude de crianças mimadas, sem educação e limites.

É sobre entender a evolução cognitiva e emocional dos pequenos e sua relação com os episódios desafiadores da rotina, que convidamos Cecília Antipoff, mãe da Melissa e do Ian, psicóloga clínica infantil com abordagem humanista, membro da equipe do Instituto Nascer, doutora em Educação, educadora parental PDA  para conversar conosco em nossa próxima roda do Entre Nós Encontros.

Conteúdos que serão abordados:
> O que é a birra;
> Erros que os adultos cometem com as crianças nos momentos de birra e que podem intensificá-las ao invés de resolvê-las;
> Possíveis caminhos para lidar com a birra de forma mais madura e centrada;
> A importância do autocuidado para uma atitude com mais leveza e harmonia nos momentos desafiadores.

Esses e outros tópicos serão foco do nosso encontro e o convite é para estarmos juntos em diálogo. O encontro será na quinta-feira, 16 de maio, das 19h às 21h30, na Ora Bolinhas.

As vagas são limitadas. Inscrições via sympla . R$ 90,00 (individual) ou R$ 153,00 (casal ou dupla).

> Entre 17h e 18h30, promoveremos uma sessão de autógrafos com Cecília devido ao lançamento do seu livro “Lá na Casa da Árvore”. Você é nosso(a) convidado(a).