Nossas crianças são nativos digitais. As telas e os eletrônicos estão por toda parte. Não queremos que passem suas vidas em frente às telas, mas não recebemos apoio e informação sobre como bem administrar esse uso. Como buscar o caminho do meio? Como ensinar bons hábitos digitais e eletrônicos às crianças? Como podemos propor uma transformação nas relações com os eletrônicos sem que isso represente uma constante briga familiar?

Unicef declarou que “atualmente os discursos sobre tecnologia dirigidos à criança focam quase que exclusivamente nos riscos, e isso está minando a capacidade delas de reconhecer os benefícios que a tecnologia pode trazer.”

Estamos todos – pais, mães, responsáveis, educadores e profissionais da saúde – em busca de dados, evidências e pesquisas que nos deem pistas sobre como navegar nesse novo cenário. 

A criança não tem maturidade para entender a complexidade das redes e as consequências de suas escolhas. Como pais e cuidadores, devemos aguardar a idade apropriada para acesso aos eletrônicos, controlar excessos, garantir que atividades essenciais à saúde não sejam negligenciadas, guiá-los e protegê-los de conteúdos impróprios. Mas é nossa tarefa entender que a tecnologia também é fonte de pesquisa e de aprendizado. É intercâmbio de informações e meio de socialização.  Muitas estratégias podem contribuir para um equilíbrio no qual tanto o uso da tecnologia, quanto a conexão com o mundo natural aconteça de forma benéfica, contribuindo para o desenvolvimento e bem-estar das crianças. 

Pensando nesse contexto, o Entre Nós, promoverá o workshop “Crianças e Eletrônicos: em busca do caminho do meio”, com a Dra. Ligia Moreiras, do Cientista que virou mãe. Iremos debater dados e informações sobre o uso dos eletrônicos de modo consciente e seguro e conhecer alternativas positivas para essa relação com as  telas. É sobre isso que vamos aprender, trocar e construir neste encontro. Iremos entender mais sobre: 

– como está hoje o uso dos eletrônicos pelas crianças e pelos adultos
– os conceitos de imigrantes digitais e nativos digitais
– quais os principais usos dos eletrônicos pelas crianças
– os principais efeitos de uso prolongado das telas sobre crianças e jovens
– por que o pânico não ajuda em nada? como bem orientar as crianças em termos práticos para o uso consciente dos eletrônicos
– os tipos de mediação e qual tem mais relação com sua família
– o que é e como criar uma dieta midiática

Quem é Ligia Moreiras?

Criadora do site Cientista que Virou Mãe, há há quase 10 anos vem apoiando mães, pais e familiares em busca de formas positivas de educar as crianças. Mestra em Psicobiologia, doutora em Ciências, doutora em Saúde Coletiva é autora dos livros “Educar sem violência – Criando filhos sem palmadas” e “Mulheres que viram mães”. 

Investimento:
1º Lote: R$ 150,00
2º Lote: R$ 180,00
(desconto especial para dupla/casal, ou para inscrição em conjunto com o Workshop “Educar sem violência)

Inscreva-se aqui

_____________________________________________________________
Público de interesse: Mães, pais, educadores e profissionais que trabalhem com parentalidade/família/infância/desenvolvimento humano.