Ver publicação

Os 5S para acalmar o bebê

Você já ouviu falar do Dr. Harvey Karp? O pediatra americano é autor do livro “O bebê mais feliz do pedaço”, no qual apresenta uma técnica para acalmar os bebês. Resgatando o antigo “cueiro” usado pelas vovós e aplicando os 5S, você conseguirá acalmar o seu filhote. Funcionou com a…



Ver publicação
Ver publicação

Mãe de meninos: Oi pra vocês!

Jamais passou pela minha cabeça participar, de alguma forma, de um blog sobre maternidade, ou sobre qualquer coisa relacionada a ela. Pode parecer incoerência diante da minha confissão, mas quando recebi o convite da minha prima Flávia Pellegrini para participar do Na Pracinha, achei fantástico. Foi o empurrão que me faltava para, efetivamente, perceber…



Ver publicação
Ver publicação

“Cunversa di mininu”: Lua

Essa é do Gabriel, meu afilhado querido, quando estava com três anos: Gabriel e seus pais foram ver a lua aparecer, que estava linda. Gabriel (afirmando para a mãe, que estava grávida): -A Joana também está vendo! Mamãe: – Mas como, Gabriel? Ela está dentro da barriga! Gabriel: – Ela vê…



Ver publicação
Ver publicação

Dica de Leitura

Escrito por pediatras “Filhos, da gravidez aos dois anos de idade”é um guia completo sobre cuidados e rotina com o bebê. Nele encontramos dicas, orientações sobre situações emergenciais, dúvidas rotineiras presentes em todos os consultórios. Ele conta ainda com capítulos para crianças especiais, dicas de brincadeiras e estímulos mês a…



Ver publicação
Ver publicação

E o cadeirão, precisa?

Quando o bebê completa seis meses, começa a sentar e a provar as primeiras papinhas salgadas. Nesse período é importante ambientá-lo onde sua família tem costume de se alimentar (preferencialmente longe da TV), desta forma, ele prestará atenção na comida, nos gestos, e na convivência. O cadeirão é um auxiliar,…



Ver publicação
Ver publicação

Bem-vindos à nossa Pracinha

Não sei se aconteceu com vocês, mas foi só descobrirmos nossa gravidez, para começarmos a devorar tudo sobre o assunto. Mães de primeira viagem, a cada dia era uma novidade. A net realmente ajudou muito e continua ajudando horrores. Só sentimos falta de algumas dicas locais, como: bons hospitais em…



Ver publicação