Ver publicação

Joelho ralado

Quando eu era menino, se você não se machucasse é porque não estava fazendo aquilo direito. Se não caía do rolimã é porque não se embalava na descida mais perigosa. Se não arrancava o “tampo” do dedão, é porque não jogava bola no asfalto. Se não ralava o joelho é…



Ver publicação
Ver publicação

Chuva

Tá chovendo lá fora. O quintal virou lama, os amigos se esconderam cada um em sua casa, mas o moleque não se acalma, quer jogar bola. Quer brincar de esconde-esconde, quer subir no muro, quer brincar de mãe da rua. Não adianta, a mãe se lembra muito bem da última…



Ver publicação
Ver publicação

Viagens

Eu disse que em junho as férias dela teriam uma viagem linda. Foi a coisa mais gostosa ver como ela vibrou ao saber pra onde ia e o que ia fazer. Aí eu disse que não poderia ir. E ela imediatamente gritou “então eu também não vou” e chorou e…



Ver publicação
Ver publicação

Avós e pães de queijo

Eu morei com minha avó por dois anos, logo que me mudei para BH. A convivência sempre foi bacana e tranquila, mas existem duas coisas de que me lembro deliciosamente. Primeiro, os suspiros que ele comprava na feira em frente ao apartamento todo sábado. Ela comprava um saco enorme, colocava…



Ver publicação
Ver publicação

Papai do céu

– Papai do Céu, proteja o meu pai, minha mãe, meus avós, meus primos, minha colega Ana, minha colega, Sarah, meu cachorrinho, o moço da banca de revistas que eu não sei o nome, mas que é muito legal, o Júlio do Cocoricó, o Peixonauta, o Papai Noel… – Filha,…



Ver publicação
Ver publicação

Cachorro de asa

– Pai, você me dá um cachorro de asa? – Como assim? É um brinquedo, filha? – Não, pai, é um cachorro. – Cachorro de asa? Você viu em um desenho? – Não, eu vi na rua. E um amigo meu tem. – E como ele é? – É peludo,…



Ver publicação
Ver publicação

Mãe e Pai

Foto: Rodrigo Cabido   Minha mãe dizia que “quem tá na rua, come rua” todas as vezes que eu me atrasava pro almoço. E aí me deixava passar um pouquinho de fome (nada demais) pra ver se eu aprendia a lição. Minha mãe dizia que “um bobo custa a criar,…



Ver publicação
Ver publicação

Bichinho Bonitinho

  – Tem um bicho no meu cabelo! Tira! Tira! – gritava a menina todinha vermelha.A mãe levantou-se e, soltando um suspiro resignado, foi ver de perto o motivo do escândalo. – É só um bichinho, Mariana. – Credo! Credo! Credo! Como é que ele é? É nojento? – Não……



Ver publicação
Ver publicação

Frutas

Ilustração Marie Cramer Ah, minhas crianças, venho aqui lhes dizer que as frutas não nascem das gôndolas. Venho contar como é bom catar amoras no mato e voltar pra casa inteiramente roxo, manchado até debaixo das unhas, com a roupa inutilizada, a barriga saciada e a alma lavada. Como é…



Ver publicação
Ver publicação

Pai de primeira vez outra vez

Foto: Camila Coura Ser reconhecido como o “Pai da Laura” tem sido ultimamente um dos meus maiores orgulhos. Sei que todos nós, pais e mães corujas, ficamos extremamente satisfeitos quando nossa prole demonstra que aprendeu algo novo ou faz alguma “gracinha” e é elogiada por terceiros. Se este elogio acontecer em…



Ver publicação