Balança, balança...

Balança, balança…