Tanto Mar Fotografia

“Imaginação é a ferramenta primordial para dialogar com a alma da criança. É onde a gente pode nutrir, plasmar órgãos mais saudáveis, plasmar pensamentos de maior inteireza.” 
Gandhy Piorski

Quando eu era criança, adorava criar histórias sobre pessoas, coisas, lugares que via na rua. Não importava quem, onde, com o quê. Eu inventava personagens, enredos, mundos encantados. E os guardava para mim. Sou apaixonada por histórias desde então. Faz de conta é algo que me encanta! Muito. Sempre espio as brincadeiras das minhas pequenas. Acho de uma potência essa construção. Se inspirar na vida para criar coisas incríveis. 

“O adulto acredita no que existe, a criança existe no que imagina”, ressoa a máxima sem autoria conhecida. É pela imaginação que a criança se expressa. Se conecta com sua interioridade, com o simbólico. A magia, os encantos de ver vida e histórias em tudo, acontece pelo brincar. A força criadora da infância.

Tudo é capaz de ganhar vida: lugares ou utensílios cotidianos – caixas, panos, panelas, papéis, vassouras, elementos naturais. Para acontecer, basta permitir tempo e espaço. 

Tanto Mar Fotografia

Essa força se alimenta de curiosidade e favorece experiência, conhecimento que faz sentir. Experimentando brincares, emoções, narrativas, numa realidade de faz-de-conta, a criança se (re)conhece, reflete sobre a vida, protegida pela brincadeira. Em constante devir, a criança (re)constrói, (re)pensa mundo e saberes. Evolui. 

Nesse momento de tantas mudanças e incertezas vamos adentrar nesse faz-de-conta junto com os pequenos na busca de novos sentidos e significados para as nossas histórias, vividas e sonhadas. O brincar salva a gente. Afaga a alma com afeto e alegria.

Conteúdo editorial criado pelo Na pracinha em parceria com 
Rede Sagrado BH. As matrículas para a Rede Sagrado – Colégios Sagrado Coração de Maria estão abertas, saiba mais no link