banner de divulgação do evento

Festival Literário Internacional de Belo Horizonte – FLI BH acontece de 10 a 20 de agosto, em uma edição totalmente digital. Com atividades diversas e opções para todos os públicos, a programação contempla discussões sobre a criação, a circulação, a leitura e a literatura na cidade, incluindo seu diálogo com outras linguagens artísticas. Toda a programação pode ser acompanhada no YouTube , já as inscrições para oficinas, acontecem pelo Sympla.

4º FLI BH tem como tema “VIRANDO A PÁGINA: Livro e Leitura tecendo amanhãs”, com curadoria das escritoras e professoras Ana Elisa Ribeiro e Madu Costa. 


“O livro e a leitura, em todas as suas formas e tecnologias, são muito mais do que coadjuvantes nos projetos de futuro, que devem envolver melhores e mais dignas condições de vida a todos e todas. Em suas relações com a cultura, a educação, a saúde, a memória, os direitos humanos, são protagonistas num exercício de tecer amanhãs melhores, viáveis, justos e de paz. Certamente, o livro e a leitura têm lugar fundamental no desenho de um amanhã de dias melhores, lá onde pretendemos chegar bem, a fim de uma nova experiência de abraço e humanidade”.

Programação infantil

10/8, terça-feira

9h | Roda de Leitura – ENQUANTO JOÃO-GARRANCHO DORME
escrito por Elizete Lisboa, ilustrado por Walter Lara e publicado pela Editora Paulinas
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 7 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

18h30 | Mostra de Cinema – VIDA MARIA – curta animação, 9 min, Brasil
Uma menina de 5 anos de idade se diverte aprendendo a
escrever seu nome, mas é obrigada pela mãe a abandonar
os estudos e começar a cuidar dos afazeres domésticos e a
trabalhar na roça.
Direção, produção, animação: Márcio Ramos
Trilha sonora: Herlon Robson
Ano: 2006
Duração: 9 min
Classificação: livre
Público-alvo: livre
Com recursos de acessibilidade

11/8, quarta-feira

9h | Narração de Histórias SOBRE MEDOS E OUTROS APERTOS
Apresentação das histórias O caso do Bichão, da tradição oral, e da narrativa dos três filhos do príncipe da Pérsia, que compõe o cânone de As Mil e uma Noites, de Antoine Galland.
com Samuel Medina (BH)
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 7 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade:
libras, legenda de texto

12/8, quinta-feira
14h | Oficina – DESENHA COMIGO
É comum as crianças narrarem uma história enquanto desenham, de maneira espontânea. A oficina tem como objetivo explorar esse processo intuitivo do desenho narrativo infantil. As crianças serão convidadas a desenhar a partir de palavras aleatórias que serão sorteadas ao longo da
oficina, falando sobre seu processo criativo.
com Santiago Régis (BH), ilustrador, graduado em Artes Plásticas pela UFMG.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 6 anos e suas famílias
Número de vagas: 15 (esgotado)

16h | ALECRIM: VIVÊNCIAS MUSICAIS PARA BEBÊS E CRIANÇAS PEQUENAS
A oficina é um convite à brincadeira e ao encontro/reencontro com a infância! Cantigas tradicionais infantis, brincos e outras brincadeiras cantadas da cultura popular serão apresentadas aos bebês e aos adultos que
os acompanham em uma vivência dinâmica e envolvente.
com Isaac Luís – Cia. Pé de Moleque (BH)

Classificação: livre
Público-alvo: bebês, crianças de até 6 anos e suas famílias
Número de vagas: 20 (esgotado)

13/8, sexta-feira

9h | Roda de leitura – EM BOCA FECHADA NÃO ENTRA ESTRELA, escrito por Leo Cunha, ilustrado por Roger Mello e publicado pela Editora Nova Fronteira
com Leo Cunha (BH), autor de mais de sessenta livros, entre crônicas, poesia, literatura infantil e teatro.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 7 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

9h | Narração de Histórias – FAZ E CONTA HISTÓRIAS
Em tempos de tanto isolamento, é alentador ouvir histórias que falam sobre troca, cooperação e acolhimento. Na apresentação, estão dois contos tradicionais, um judaico e outro da África do Sul, para falarmos sobre a importância do afeto.
Ana Luísa Lacombe (SP), atriz, contadora de histórias, figurinista, escritora, graduada em licenciatura em Artes Visuais.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 7 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

Oficina | XILOGRAVURA E CORDEL: EXPERIMENTAÇÕES CASEIRAS
Você sabe o que é xilogravura? Conhece a relação dessa
técnica com o cordel?
com Antonio Salgado (BH), artista visual e arte-educador. Professor nas áreas de Patrimônio Cultural e Artes Visuais na Escola Livre de Artes –
Arena da Cultura.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 8 anos e suas famílias
Número de vagas: 15 (esgotado)
Recursos de acessibilidade: atendimento a demandas
apresentadas nas inscrições

14/8, sábado

9h | RODA DE LEITURA – SE EU FOSSE UMA CASA, escrito
e ilustrado por Carol Fernandes, publicado pela Editora Tuya
Carol Fernandes (BH), escritora, ilustradora e artista visual.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 7 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS – AO PASSO DA TARTARUGA
Humanos e animais saem da cidade e decidem morar na
floresta. Mas a sobrevivência ali não se mostra fácil… É a
tartaruga que encontra a salvação do grupo.
com Boni Ofogo (Camarões / Espanha), narrador de histórias, doutor em Literatura Hispano-Americana e professor na Universidade de Lille, França.
Horário: estreia às 9 horas
Classificação: livre
Público-alvo: livre
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS – BRINCANDO HISTÓRIAS
A apresentação mesclará histórias e brincadeiras voltadas para o público infantil, com texto inspirado nas narrativas da tradição oral e uma figura misteriosa, o “Borg”, que é dotado de poderes inimagináveis.
com Shirley Rodrigues (MG) e Mateus Efraim (BH)
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 5 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

9h | Mostra de Cinema | NAPO – curta, 16 min, Brasil, 2020
João, incapaz de entender a doença que leva seu avô do
passado ao presente, tropeça em um velho álbum cheio de
fotografias e deixa as imagens guiarem sua imaginação,
transformando aquelas memórias em interpretações de
desenhos, que moldam sua relação em uma história de
lembrança e construção de memória.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 6 anos
Sem recursos de acessibilidade

14h| Oficina de Sensibilização – TRAÇA TRAÇO: O DESENHO
MUITO ALÉM DA IMAGINAÇÃO

A oficina vai abordar as características e possibilidades
expressivas a partir do desenho de cartum, no qual a criança
encontra subsídios para a construção de sua expressão pessoal.
Possibilidades criativas e técnicas para a materialização do seu
imaginário a partir do desenho.
com João Marcos (MG), mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da UFMG. Roteirista da Mauricio de Sousa Produções, nas revistas infantis
da turma da Mônica. P
Classificação: livre
Público-alvo: crianças de 7 a 12 anos
Número de vagas: 30 (esgotado)

15/8, domingo

10h | Espetáculo – VIAJANDO COM TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS
Os Tapetes Contadores de Histórias convidam as crianças e
suas famílias a uma viagem pelo mundo através das narrativas
orais. Para tal, eles costuraram belos tapetes, aventais e caixas
bordadas que servem de cenário para três contos da Austrália,
Brasil e Rússia: O nunca tá contente, Avental que o vento leva e A
bela Vassilissa.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 6 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras
Retirada de ingresso: sympla.com.br/flibh

14h | OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO – BRINCAR, NARRAR E CRIAR
Nesta oficina, vamos compartilhar brincadeiras, lendas e histórias tradicionais em um processo de criação cênica virtual e coletiva, envolvendo crianças e adultos.
Keu Freire / Insensata Cia. de Teatro (BH)
Keu Freire é ator, curador, diretor, professor e produtor teatral
formado pelo Teatro Universitário da UFMG e graduado pelo
curso de Licenciatura em Teatro da UFMG.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 6 anos e suas famílias
Número de vagas: 20 (esgotado)

15h30 | OFICINA PRIMEIRA INFÂNCIA – MEU LIVRO NA PONTA DOS DEDOS
A oficina propõe experimentações sensoriais com tintas naturais e elementos da natureza para a confecção de um pequeno livro. No virar de cada página, um convite à experiência criativa com bebês e crianças pequenas.
com Júlia Azeredo (BH), formada em Artes Visuais pela escola de Belas Artes da UFMG.
Horário: 15h30 às 16h30
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 3 anos e suas famílias
Número de vagas: 12 crianças, com respectivos acompanhantes (esgotado)

16/8, segunda-feira

9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS – VOZES DA MATA QUE O VENTO ESPALHOU
Apresentação de quatro lendas indígenas brasileiras que
buscam resgatar a memória cultural de nossas comunidades
originárias, seu imaginário coletivo, a simbologia de seus deuses,
crenças e mitos. Com o grupo Prosa Mineira: Cida Alves, Juliana Anselmo, Maria Célia Nunes, Maria Teresa Andrade e Marilu Zanasi.
Classificação: livre
Público-alvo: Livre
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

17/8, terça-feira

9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS – URUBU QUERIA SER PASSARINHO
Apresentação da história Urubu queria ser passarinho, escrita por Antonieta Dias de Moraes.
com Verusca Contadora (BH), escritora e contadora de histórias.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS – DUZANTIGUS
Duzantigus é uma apresentação de narração de histórias
que traz a memória de pretos e pretas velhas. Encantados da
Umbanda, avós que nos ligam a valores afrodiaspóricos, como
a senioridade, e que nos levam a um lugar de afetividades,
carinhos e cuidados. Participação especial: Dgar Siqueira.
com Chica Reis (BH), atriz e contadora de histórias, diretora teatral graduada em Artes Cênicas pela UFMG.
Classificação: livre
Público-alvo: Livre
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto
Transmissão: YouTube

14h | OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO – BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
DE QUINTAL

A proposta da oficina é aproximar as crianças de todas as idades da experiência com o brincar, permitindo e estimulando a descoberta das habilidades individuais e coletivas.
com Wellison Pimenta (BH), ator, contador de histórias e brincante.
Material: latas vazias; tampinhas de garrafa PET; barbante, lã ou
linha grossa; copos de água mineral; prego grande; copinhos de
iogurte; palito de fósforo; martelo.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 5 anos e suas famílias
Número de vagas: livre

9h30 | OFCINA – Bonecas(os) de Papel e Papelão
visa à criação de bonecas ou bonecos a partir de um personagem. A partir da observação do humor, do tamanho e das cores, pode-se criar
formas divertidas de todos os seres viventes.
com Cássia Macieira (MG), atriz, membro do Coletivo EmCaixa – Teatro
em Miniatura – BH.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 8 anos e suas famílias
Número de vagas: 20 (esgotado)

19/8, quarta-feira

9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS – A LAGARTA E A COBRA, escrito por Ana Carolina Neves, ilustrado por Pedro Hamdan das Pedras e
publicado pela Crivo Editorial.
com Ana Carolina Neves e Pedro Hamdan das Pedras (BH)
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 6 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto

10h | COZINHA COM AFETO: TECENDO MEMÓRIAS DE CHEIROS, HISTÓRIAS E SABORES
A oficina pretende criar um momento de conexão entre crianças
e adultos através da comida e da contação de histórias. Enquanto
ouvem a história Embolando palavras, de Madu Costa, as crianças
farão uma receita de biscoito doce adaptada para uma versão
saudável, sem açúcar. Ao final, serão convidadas a criar um
caderno de receitas.
com Dan Costa (BH), atriz, cozinheira autodidata e dona da Abarca –
Catering para Camarins.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 2 anos, acompanhadas de adultos
Número de vagas: 20 (esgotado)

20/8, sexta-feira

9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS – AUMENTANDO UM PONTO
Narração de duas histórias cumulativas feitas simultaneamente pelos três narradores: A história da coca e A formiguinha e a neve.
com Rodrigo Teixeira (BH), Samuel Medina (BH)
e Shirley Rodrigues (BH)
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 6 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto


9h | NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS- CANTOS E CONTOS DE IABÁS
Conto de duas histórias: Nanã ajuda Oxalá a criar o homem, adaptação do livro Mitologia dos Orixás, de Reginaldo Prandi (Editora Companhia das Letras), e Oiá e o búfalo interior, adaptação do livro Omo-Oba – Histórias de
princesas, de Kiusam de Oliveira (Mazza Edições).
com Magna Oliveira (BH), contadora de histórias e coordena o projeto de extensão Iranti – Ser África, na UFMG.
Classificação: livre
Público-alvo: crianças a partir de 7 anos e suas famílias
Recursos de acessibilidade: libras, legenda de texto