começou como um blog, tornou-se um movimento para além dos limites de beagá. eu, flávia, e a miriam – que também criou este projeto – crescemos brincando lá fora, muitas das lembranças afetivas dos nossos tempos de criança foram na natureza, na praça, na rua. quando nossas filhas nasceram, nos reconectamos às crianças que fomos. descobrimos caminhos para promover uma infância plena para nossas pequenas, com estudos sobre a cultura das infâncias, dos brincares. vivenciamos como o vínculo se constrói a partir do brincar junto. os aprendizados alimentaram um desejo de contar para mais pessoas como tudo aquilo era essencial e simples. postamos nas nuvens (quem lembra do blog?), e de repente, estávamos brincando junto com outras famílias pela cidade afora.

32 encontros + 17 piqueniques  + 9 feiras de trocas + 6 estações sensoriais + 4 brincaços – em uma década, ocupamos inúmeros quintais. rodas de conversa, blog que virou site, livro, percurso pela cidade, oficinas, canal nas nuvens, já fizemos de um tanto espalhando sementes.

adriana falcão diz que encontro é reunião formada pelo que procurava, pelo achado e pelo acaso – tudo e tanto sobre esta pracinha, um movimento que promove a felicidade através do brincar, ao ar livre, sem telas, colecionando memórias permeadas pelo afeto ♡
agradeço a esse mundo de gente que ocupou a cidade – e as nuvens – conosco. tem sido lindo viver esta infância. 2022 será ano de (re)encontro lá fora!