atendendo a pedidos, vai ter edição nacional da nossa ciranda de reparos ♡

desenhos, miudezas, suspiros, histórias, foram compartilhados entre famílias de beagá na nossa primeira edição. adultos pararam na pressa e (re)aprenderam com as crianças a “tirar costume do olho”, como diria manoel de barros, para espiolhar a cidade na companhia dos pequenos, e participar da brincadeira. foram mais de 60 cartas-relatos permeadas por afeto e sentires de um cidade-quintal (espia neste post a lindeza da nossa coleção).

o porquê da brincadeira

a pandemia nos distanciou da cidade. quando a gente vivencia o território que habitamos, estabelecemos vínculos afetivos, nos sentimos pertencentes, criamos (re)lembranças, e nos tornamos comprometidos com o nosso quintal (a cidade). o olhar infantil conta muito sobre o lugar onde vivemos. as crianças têm um reparo apurado para perceber a grandeza das pequenas coisas e uma facilidade de ver o novo onde quer que seja, mesmo num lugar conhecido. dar voz a essas percepções é a proposta da brincadeira, valorizando os catados pelas crianças no (extra)ordinário cotidiano, e nos (re)encantando, como adultos.

como funciona a brincadeira?

cada família inscrita é convidada a registrar em uma carta seu olhar sobre a cidade. a sua coleção de memórias será compartilhada com outra família, via correios – sim, como antigamente, pra gente sentir o tempo: expectativa, caminhada, instantes. a partir dos dados dos participantes, criamos uma ciranda de trocas das cartas, reduzindo distâncias e aproximando pessoas através do brincar, escrito ou desenhado, semeando novos vínculos em comunidade.

1. Inscrições de 18 a 24/4/22 – para se inscrever, clica aqui
* enquanto houver vagas 🙂

2. Conversarias
 〰️  em casa:a ciranda começa em casa com um papo em família sobre a brincadeira e a cidade
 〰️ nas nuvens: nós adultos nos encontraremos on-line para um bate-papo tira-dúvidas 🙂 será na segunda, 25/4, às 20h.
* a presença no encontro on-line não é obrigatória para participar da ciranda; todas as famílias recebem o manual da ciranda com explicações detalhadas. 
3. andanças

As famílias brincam pelos espaços-quintais sobre os quais escolheram contar nas cartas (rua, quarteirão, bairro, ponto turístico, praça, parque).

4. inventos

Desenhos, fotografias, colagens, postais, histórias, miudezas, diversas expressões artísticas poderão compor esse acervo de lembranças afetivas dentro das cartas. As crianças (re)criam um inventário da cidade em suas cartas.

5. cirandando

As famílias postam nos correios suas feituras e aguardam a chegada de uma carta de outra família, dentro do período combinado. A dinâmica da troca acontecerá via sorteio organizado pela produção do projeto. Todas as famílias participantes serão comunicadas por e-mail sobre o destinatário de sua carta. Cada família posta uma carta e recebe outra 🙂
〰️ 
Sorteio das famílias-pares: 28/4/22
〰️ Envio das cartas: 21 a 29/5/22 (durante a Semana Mundial do Brincar)

as vagas são limitadas.

e olha que legal, as trocas entre as crianças acontecerão no período em que comemoramos a SMB – a semana mundial do brincar!