foto colorida. bandeirolas em primeiro pano. ao fundo, famílias ocupam um parque.

Após um hiato pandêmico, voltamos a ocupar um quintal-parque na cidade. Para comemorar os 10 anos do Na pracinha e a Semana Mundial do Brincar, juntamos parceiros queridos e muitas famílias dispostas a brincar, trocar – afetos, brinquedos e livros – e ouvir histórias.

A saudade era imensa, e nem um clima atípico – um inverno em pleno outono – desanimou as famílias. A gente aproveitou o brincar junto para nos aquecer e reforçar a nossa confiança no brincar – tema da SMB 2022.

A Feira de Trocas é uma vivência para a gente (re)pensar: infância não combina com consumismo. Um exercício de diálogo e reflexão em família. Nossos encontros são um convite para parar na pressa e construir (re)lembranças, sempre.

 

“Confiar no brincar é confiar na alegria, é confiar no encontro. Brincar é estar no mundo e confiar que ele vai dar certo, que tudo pode ser melhor, se estivermos firmes e atentos ao valor da vida. O brincar proporciona espaço para uma relação de confiança, respeito e reconexão com os elementos da natureza, com a terra, com o vento, com a água, e com a concretude da natureza que envolve a criança e que é envolvida por ela. Ao brincar, a criança está aprendendo o tempo todo a conhecer as potências e limites do seu corpo, do espaço, das outras crianças e adultos.” – Aliança pela Infância | #semanamundialdobrincar2022

 

Quem fez a Feira de Trocas Na pracinha:
Mediação de leitura – Fabiana Brasil
Intérprete de Libras – Dinalva Andrade
Brincadeiras Tradicionais – Íris Harry
Contação de Histórias – Casa de Lua
Doações – Projeto Vó Dolores
Registros de Tanto Mar Fotografia

“Este projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte”.