Brincadeira sem direção?
Ver publicação

Brincadeira sem direção?

Você já viu essa cena, a criança deixa o brinquedo de lado para brincar com a caixa. Nós, adultos, entramos em ação: “cuidado com a sujeira, tenha cuidado com tesoura, não faça bagunça…” Muito se fala sobre a importância do livre brincar na infância – aquela brincadeira natural, sem direcionamentos…
Ver publicação
Só se é criança uma vez
Ver publicação

Só se é criança uma vez

A agenda está fixada na porta da geladeira: escola, idiomas, dança, música, reforço escolar, distribuídos por toda a semana. Os cuidadores se alternam no acompanhamento das crianças. Se antes da pandemia, o revezamento acontecia em trânsito, no contexto que vivemos hoje, essa rotina exaure online. Não é difícil encontrar famílias…
Ver publicação
9 anos desta praça ♡
Ver publicação

9 anos desta praça ♡

quando tivemos a ideia de criá-la, só queríamos dar vazão aquilo que sentíamos e acreditávamos. não haviam planos, apenas vontade. eu e miriam crescemos brincando lá fora. muitos dos afetos que guardamos de nossos tempos de criança foram na praça, na fazenda, na rua. ⁣⁣com o nascimento de nossas filhas,(re)descobrimos…
Ver publicação
O brincar dentro em tempos de isolamento
Ver publicação

O brincar dentro em tempos de isolamento

Estamos em casa, um ambiente transmudado por nossos fazeres, percepções, relações. Confinadas, as crianças clamam por espaço, liberdade. Dúvidas sobre brincadeiras, busca por manuais de brincar, tem sido recorrentes desde que tudo isso começou. Criança brinca a cada instante. Não precisamos ensiná-las. Temos que permitir o brincar livre dentro. Espontâneo,…
Ver publicação
Brincadeiras no quarteirão
Ver publicação

Brincadeiras no quarteirão

No contexto em que vivemos, caminhar, fazer um pouco de exercício, dizer um olá à distância aos vizinhos é possível (e desejável), sempre com respeito, empatia e solidariedade por todos/ entre todos. Pensando no lá fora mais próximo – a rua – propomos brincadeiras para fazer na vizinhança com os…
Ver publicação